Jornal Diário Jornal das 13 Último Jornal

Quatro detidos na operação CashBall após buscas em Alvalade

| País
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 16 mai (Lusa) - A Polícia Judiciária (PJ) deteve hoje quatro pessoas durante buscas realizadas na SAD do Sporting, em Alvalade (Lisboa), por "suspeitas de corrupção ativa".

Em comunicado, a PJ adianta que a operação 'Cashball' envolveu 40 elementos da PJ e incluiu uma dezena de buscas domiciliárias e num clube desportivo (Sporting).

Os quatro detidos, que o Correio da Manhã identifica como sendo Paulo Silva, João Gonçalves, Gonçalo Rodrigues e André Geraldes, diretor desportivo do futebol do Sporting.

Os detidos serão agora presentes ao juiz de instrução para aplicação de medidas de coação.

O inquérito da operação 'Cashball'é dirigido pelo Departamento de Investigação e Ação Penal do Porto.

Segundo o CM, o alegado esquema de corrupção no andebol envolvia "a compra de equipas de arbitragem, quer para os leões ganharem, quer para o Futebol Clube do Porto, com o qual disputaram o campeonato até ao fim, perder" e abrangeu a época de 2016/17, na qual o Sporting se sagrou campeão.

CC/FC (JP/AO) // RPM

Lusa/Fim

+ notícias: País

Mulher morre após despiste de carro para a ria de Aveiro

Uma mulher com cerca de 60 anos morreu na sequência de um despiste que levou à queda de um veículo ligeiro que transportava duas pessoas à ria de Aveiro, na Estrada Nacional 327, entre a Torreira, Murtosa, e São Jacinto, Aveiro, apurou o Porto Canal junto do CDOS de Aveiro.

Atualizado 27-05-2018 18:30

Milhares de sites ensinam crianças a fingirem doenças para faltar às aulas

Milhares de páginas na internet ensinam truques às crianças para enganar os pais e faltar às aulas: fingir dores de barriga, inventar problemas de pele ou fazer vomitado falso são algumas das dicas.

Tribunal despromove comissários da PSP. Sindicato quer apurar responsabilidades

O Tribunal Administrativo de Lisboa mandou a PSP despromover 119 oficiais à categoria de subcomissários e ordenou 33 promoções. Paulo Rodrigues diz que é preciso apurar responsabilidades.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.