Jornal Diário Jornal das 13 Último Jornal

Chuva e vento na Índia causam 42 mortos e 47 feridos em menos de 24 horas

| Mundo
Porto Canal com Lusa

Pelo menos 42 pessoas morreram e 47 ficaram feridas nas últimas 24 horas, na Índia, na sequência das fortes chuvas e ventos que já causaram quase 200 mortes este mês, disseram as autoridades.

No estado de Uttar Pradesh (norte), um dos mais atingidos nas últimas semanas, as tempestades causaram, entre domingo e hoje, 29 mortos e 35 feridos, bem como a morte de nove animais, disse um porta-voz da Autoridade de Gestão de Desastres (NMDA) indiana, Abhishek Shandilya.

No sul, em Andhra Pradesh, a chuva e o vento resultaram na morte de nove pessoas, enquanto em Howrah, no estado de Bengala oriental, quatro crianças morreram e outra ficou ferida, declarou a mesma fonte.

As tempestades também abalaram a capital, onde pelo menos 11 pessoas ficaram feridas e grande parte da cidade sofreu apagões temporários.

O Departamento de Meteorologia da Índia mantém hoje, em seis estados do norte e leste do país, um alerta máximo para as tempestades, com previsão de rajadas de vento de até 70 quilómetros por hora.

A época das monções, ventos sazonais que geralmente atingem o terço norte do gigante asiático no final de junho, é precedida por dois meses de altas temperaturas que podem exceder os 40 graus e fortes tempestades de vento.

No ano passado, mais de 50 pessoas morreram e quase dois milhões foram afetadas pelas chuvas e inundações no nordeste da Índia, entre o início de junho e meados de julho.

+ notícias: Mundo

Bomba em restaurante faz pelo menos 15 feridos em Toronto

Pelo menos 15 pesoas ficaram feridas, três das quais com gravidade, depois de dois desconhecidos terem deflagrado uma bomba dentro de um restaurante indiano nas imediações de Toronto, no Canadá, informaram hoje as autoridades.

Morreu o autor espanhol de BD Julio Ribera, criador d'"O Vagabundo dos Limbos"

Cognin, França - O autor espanhol de banda desenhada Julio Ribera, 91 anos, morreu hoje em sua casa, em Cognin, na região francesa de Saboia, onde morava, informou a sua família à agência francesa de notícias.

Polícia angolana trava manifestação sobre acontecimentos de 27 de maio de 1977

Luanda, 27 mai (Lusa) - Duas dezenas de jovens ativistas manifestaram-se hoje na Praça da Independência, centro de Luanda, exigindo respostas para o alegado massacre de milhares de angolanos, em 27 de maio de 1977, protesto travado poucos minutos depois pela polícia.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.