Info

Polícia Marítima apreende 245 kg de peixe ilegal no Porto de Pesca de Leixões

Polícia Marítima apreende 245 kg de peixe ilegal no Porto de Pesca de Leixões
Autoridade Marítima Nacional
| Norte
Porto Canal com Lusa

A Polícia Marítima apreendeu na sexta-feira 245 quilos de peixe de pesca proibida, no Porto de Pesca de Leixões, que posteriormente foram postos à venda em lota, para não se estragar, anunciou aquela força policial

Em comunicado, publicado na sua página oficial, a Polícia Marítima informa que, entre as 09h00 e as 12h00 de sexta-feira, o comando local de Leixões realizou uma ação de fiscalização a embarcações de pesca profissional que regressavam da faina no Porto de Pesca de Leixões, em Matosinhos.

No âmbito desta operação foi intercetada e identificada uma embarcação licenciada para pesca, que transportava a bordo 245 quilos de peixe (língua) para o qual não tinha licença.

Segundo a Polícia Marítima, a referida embarcação encontra-se licenciada para a atividade da pesca de arrasto de vara, cujas espécies alvo são o pilado e o camarão, mas “a espécie que se encontrava a bordo era distinta de qualquer espécie alvo permitida para este tipo de atividade”.

Assim, foi ordenada a apreensão daquele pescado e a sua venda em lota, após as medidas cautelares de polícia, por haver risco de deterioração, e foram levantados os respetivos autos.

Além de ser um tipo de peixe que não correspondia às espécies alvo permitidas, a quantidade capturada também foi excessiva, acrescenta a Polícia Marítima.

+ notícias: Norte

Corpo de homem de 73 anos resgatado do rio Tâmega em Amarante

Um homem de 73 anos dado como desaparecido em Amarante desde quarta-feira foi este sábado encontrado sem vida no rio Tâmega junto àquela cidade, indicou fonte do Comando Territorial do Porto da GNR.

Avião com avaria e com 165 passageiros aterra em segurança no Aeroporto do Porto

Um avião Boeing com 165 passageiros a bordo que reportou este sábado ao Aeroporto do Porto uma avaria num dos motores acabou por aterrar sem quaisquer problemas, disseram à agência Lusa fontes da Proteção Civil e da PSP.

Atualizado 19-05-2019 10:55

Cordão humano em Vila Nova de Gaia contra agressão a professora e falta de segurança na escola

Cerca de 70 pessoas fizeram esta sexta-feira um cordão humano em Vila Nova de Gaia em protesto pela agressão quarta-feira a uma professora da Escola Básica nº 2 de Campolinho, alertando também para a falta de segurança.

Atualizado 18-05-2019 11:44

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.