Info

Casa com 13 pessoas evacuada na Trofa devido a rotura em conduta de gás

Casa com 13 pessoas evacuada na Trofa devido a rotura em conduta de gás
| Norte
Porto Canal com Lusa

Uma casa habitada por 13 pessoas foi esta segunda-feira evacuada na Trofa, distrito do Porto, devido à rotura de uma conduta de gás, confirmou à agência Lusa o comandante dos Bombeiros da Trofa.

A rotura deu-se na Rua da Ribeira, na freguesia de Santiago do Bougado, numa zona descampada, onde apenas existe uma casa habitada por 13 pessoas, "não havendo feridos nem intoxicados a registar", acrescentou João Pedro Goulart.

Segundo uma testemunha no local, os 13 moradores "tiveram de abandonar a habitação por esta estar dentro do perímetro de segurança estabelecido pelas autoridades".

Fonte da GNR da Trofa disse à Lusa que o alerta foi dado "cerca das 10h40", tendo acorrido ainda ao local ao Polícia Municipal e a Proteção Civil daquele concelho, enquanto o técnico da EDP que irá proceder à reparação da conduta avariada compareceu cerca das 11:15.

O trânsito encontra-se cortado, prevendo as autoridades que a normalidade possa ser reposta ao início da tarde.

+ notícias: Norte

Imposto das Finanças deixa paróquia de Paço de Sousa, em Penafiel, com penhora de 1300 euros

As Finanças estão a cobrar a instituições ligadas à igreja a chamada taxa mortágua aplicada aos contribuintes com maior riqueza. É o caso da Igreja Paroquial de Paço de Sousa em Penafiel. O Fisco penhorou mais de 1300 euros em dívida por uma avaliação que é considerada ilegal pela instituição.

Incêndio em vacaria da Póvoa de Varzim matou 500 vacas

Um incêndio numa vacaria na Póvoa de Varzim, no distrito do Porto, provocou esta terça-feira a morte de 500 animais, disse à Lusa fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro do Porto (CDOS).

35 pessoas e 21 empresas começaram a ser julgadas por lesarem o Fisco em mais de 70 milhões de euros

Esta segunda-feira 35 pessoas e 21 empresas começaram a ser julgadas por lesarem o Fisco em mais de 70 milhões de euros com um esquema de compra e venda de ouro. Na próxima audiência que está marcada para o dia 19 de novembro vão ser ouvidos cinco arguidos.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.