Jornal Diário Jornal das 13

Cinco empresas da Ramada Aços compradas por empresa internacional

| Economia
Porto Canal com Lusa

Redação, 16 abr (Lusa) - Cinco empresas da Ramada Aços, do grupo F. Ramada, foram adquiridas pela Stow International, empresa internacional que se dedica à comercialização de estruturas metálicas, negócio que está a ser analisado pela Autoridade da Concorrência (AdC).

Segundo um aviso hoje publicado na imprensa, a AdC recebeu, "em 06 de abril de 2018, uma notificação prévia de uma operação de concentração de empresas".

"A operação de concentração em causa consiste na aquisição, pela Stow International, do controlo exclusivo sobre cinco entidades detidas pela Ramada Aços, S.A., nomeadamente Ramada Storax S.A., Storax SARL, Storax Benelux, Storax Limited e Storax España, mediante a aquisição da totalidade do capital social das mesmas", precisa a AdC.

No aviso, assinado pelo diretor do Departamento de Controlo de Concentrações da AdC, Paulo Gonçalves, esta entidade dá um prazo de 10 dias úteis para receber "observações de terceiros interessados" sobre esta operação.

ANE// ATR

Lusa/Fim

+ notícias: Economia

EasyJet vai contestar indemnizações por falta de combustível em Lisboa

A companhia aérea easyJet afirmou hoje que vai contestar as indemnizações que foi obrigada a pagar devido às perturbações pela falha no abastecimento de combustível no aeroporto de Lisboa, tentando "recuperar esses valores" junto das petrolíferas.

IEFP admite erros na contagem das horas de formação, processos estão a ser reanalisados

O presidente do Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP) admitiu hoje erros na contabilização das horas de formação, afirmando que os resultados da reanálise dos processos dos formadores que trabalham a recibo verde serão transmitidos "oportunamente".

Ryanair prevê cancelar até 300 voos diários devido a greve na próxima semana

A companhia aérea Ryanair indicou hoje que prevê cancelar até 300 voos diários na próxima quarta e quinta-feira (dias 25 e 26) devido a perturbações provocadas pela greve de tripulantes de cabine em Portugal, Espanha e Bélgica.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.