Jornal Diário Jornal das 13

Cinco empresas da Ramada Aços compradas por empresa internacional

| Economia
Porto Canal com Lusa

Redação, 16 abr (Lusa) - Cinco empresas da Ramada Aços, do grupo F. Ramada, foram adquiridas pela Stow International, empresa internacional que se dedica à comercialização de estruturas metálicas, negócio que está a ser analisado pela Autoridade da Concorrência (AdC).

Segundo um aviso hoje publicado na imprensa, a AdC recebeu, "em 06 de abril de 2018, uma notificação prévia de uma operação de concentração de empresas".

"A operação de concentração em causa consiste na aquisição, pela Stow International, do controlo exclusivo sobre cinco entidades detidas pela Ramada Aços, S.A., nomeadamente Ramada Storax S.A., Storax SARL, Storax Benelux, Storax Limited e Storax España, mediante a aquisição da totalidade do capital social das mesmas", precisa a AdC.

No aviso, assinado pelo diretor do Departamento de Controlo de Concentrações da AdC, Paulo Gonçalves, esta entidade dá um prazo de 10 dias úteis para receber "observações de terceiros interessados" sobre esta operação.

ANE// ATR

Lusa/Fim

+ notícias: Economia

ASAE apreendeu cerca de 100 quilos de pescado em operação de fiscalização

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) apreendeu cerca de 100 quilos de pescado e instaurou um processo-crime por contrafação no âmbito de uma operação de fiscalização em todo o país, que termina na sexta-feira.

Eixo Atlântico quer ligação direta entre a Linha do Minho e o Aeroporto do Porto

O eixo atlântico quer uma ligação direta entre a Linha do Minho e o Aeroporto do Porto. Esta é uma das propostas que o grupo de autarcas do Norte de Portugal e da Galiza já levou ao Ministro do Planeamento e das Infraestruturas e que pode vir a ser incluída no Programa Nacional de Investimentos 2030.

Hotéis com menor taxa de ocupação mas preços mais altos num julho "frio"

A taxa de ocupação na hotelaria portuguesa recuou 2,3 pontos percentuais em julho face ao mês homólogo, para 80%, mas o preço médio por quarto ocupado aumentou 11%, para 117 euros, divulgou esta segunda-feira a associação setorial.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.