Jornal Diário Jornal das 13 Último Jornal

Álvaro Amaro espera acordo sobre descentralização até terça-feira

| Política
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 16 abr (Lusa) -- O social-democrata Álvaro Amaro admitiu hoje, após uma reunião com o ministro da Administração Interna, em Lisboa, que um acordo para o processo de descentralização de competências para as autarquias pode ficar concluído "ainda hoje ou amanhã".

"A nossa esperança é que possamos chegar a acordo tão breve quanto possível, ou seja, chegarmos a um momento final, e esse pode muito bem ocorrer ainda hoje ou amanhã", disse à Lusa o presidente dos Autarcas Social-Democratas.

Álvaro Amaro, que falava após um encontro com o ministro Eduardo Cabrita, no Ministério da Administração Interna, na Praça do Comércio, confirmou que o PSD já fechou um acordo com o Governo relativo ao próximo quadro comunitário de apoio e que, no máximo até terça-feira, deverá chegar a entendimento sobre o processo de descentralização de competências para as autarquias.

LYFS // ROC

Lusa/fim

+ notícias: Política

Rio denuncia serviço fechado no Hospital de S. João por falta de contratação de técnicos

O líder do PSD criticou hoje a "má gestão" do Governo na área da saúde, denunciando que está fechada a unidade de cuidados intermédios pediátricos do Hospital de S. João, no Porto, porque "não se contratam três técnicos".

Costa anuncia que salário mínimo vai voltar a aumentar em 2019

O secretário-geral do PS considerou hoje que o seu Governo derrubou o mito de que a competitividade económica se faz com baixos salários e frisou que o salário mínimo nacional vai voltar a aumentar em 2019.

Ministro da Saúde diz que problemas no Serviço Nacional de Saúde não estarão resolvidos em 2019

O ministro da Saúde afirmou que "os problemas no Serviço Nacional de Saúde (SNS) não estarão resolvidos em 2019" e é preciso ter forças para continuar apesar da contestação, numa entrevista hoje publicada.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.