Jornal Diário Jornal das 13

Septuagenária "gravemente ferida" em incêndio numa habitação de Viana do Castelo

Septuagenária "gravemente ferida" em incêndio numa habitação de Viana do Castelo
| Norte
Porto Canal com Lusa

Uma septuagenária ficou esta segunda-feira de manhã gravemente ferida na sequência de um incêndio que deflagrou na habitação onde reside, no centro histórico de Viana do Castelo, disse fonte dos Bombeiros Municipais.

Em declarações à Lusa, o comandante dos Bombeiros Municipais de Viana do Castelo adiantou que a mulher ficou “gravemente ferida”, com “queimaduras em cerca de 70% do corpo” e que foi transportada para o hospital local.

Os bombeiros receberam pelas 11h20 o alerta do incêndio, que foi dado pela proprietária de um estabelecimento comercial junto à habitação onde deflagraram as chamas.

Segundo a comerciante relatou à Lusa, a vítima veio à janela "gritar por socorro". A testemunha diz que ainda a tentou socorrer, mas sem sucesso, devido ao “fumo intenso” que se registava, relatou.

O comandante dos Bombeiros Municipais de Viana do Castelo referiu que as chamas terão deflagrado a partir de um "aquecedor que estava localizado no quarto da vítima".

No local estiveram cinco veículos, com 12 operacionais dos Bombeiros Municipais e Voluntários de Viana do Castelo e uma equipa da PSP.

+ notícias: Norte

Trabalhador morre em acidente numa pedreira de Valença

Um homem morreu hoje em acidente de trabalho numa pedreira em Boivão, Valença, disse fonte das Proteção Civil.

Empresa de Viana do Castelo contesta penhora e acusa Finanças de ultrapassar o dobro da dívida

A empresa Auto Viação Cura, de Viana do Castelo considera insólita a penhora feita pela Autoridade Tributária à empresa num valor superior ao dobro do que a empresa deve. Em protesto, vários autocarros foram estacionados à porta das Finanças.

Trabalhadores das empresas de transportes de mercadorias em greve exigem aumento salarial

Os trabalhadores das empresas de transportes de mercadorias estão em greve, e exigem aumentos salariais . As empresas da região Norte são as únicas afetadas, porque o sindicato dos transportes rodoviários urbanos do norte não aceita as soluções apresentadas pela ANTRAM

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.