Jornal Diário Jornal das 13 Último Jornal

Septuagenária "gravemente ferida" em incêndio numa habitação de Viana do Castelo

Septuagenária "gravemente ferida" em incêndio numa habitação de Viana do Castelo
| Norte
Porto Canal com Lusa

Uma septuagenária ficou esta segunda-feira de manhã gravemente ferida na sequência de um incêndio que deflagrou na habitação onde reside, no centro histórico de Viana do Castelo, disse fonte dos Bombeiros Municipais.

Em declarações à Lusa, o comandante dos Bombeiros Municipais de Viana do Castelo adiantou que a mulher ficou “gravemente ferida”, com “queimaduras em cerca de 70% do corpo” e que foi transportada para o hospital local.

Os bombeiros receberam pelas 11h20 o alerta do incêndio, que foi dado pela proprietária de um estabelecimento comercial junto à habitação onde deflagraram as chamas.

Segundo a comerciante relatou à Lusa, a vítima veio à janela "gritar por socorro". A testemunha diz que ainda a tentou socorrer, mas sem sucesso, devido ao “fumo intenso” que se registava, relatou.

O comandante dos Bombeiros Municipais de Viana do Castelo referiu que as chamas terão deflagrado a partir de um "aquecedor que estava localizado no quarto da vítima".

No local estiveram cinco veículos, com 12 operacionais dos Bombeiros Municipais e Voluntários de Viana do Castelo e uma equipa da PSP.

+ notícias: Norte

Homem morre devido a queda de uma altura de 15 metros no Porto

Um homem de 52 anos morreu hoje em Paranhos, no Porto, depois de cair do telhado onde estaria a trabalhar, a 15 metros de altura, disse à agência Lusa fonte do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM).

Homem morre carbonizado em queimada em Viana do Castelo

Um homem com cerca de 80 anos morreu carbonizado quando fazia uma queimada no lugar do Pisco, Perre, Viana do Castelo, na tarde desta sexta-feira, apurou o Porto Canal junto das autoridades.

PSP do Porto apreende 120 mil doses de heroína e cocaína

A PSP do Porto deteve 19 pessoas e apreendeu mais de 120 mil doses de heroína e cocaína. Esta operação da Divisão de Investigação Criminal envolveu dezenas de buscas domiciliárias.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.