Jornal Diário Jornal das 13 Último Jornal

Publicada atualização do IAS para medidas de apoio ao emprego e estágios profissionais

| Economia
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 16 abr (Lusa) -- O Governo publicou hoje, em Diário da República, a atualização dos valores pagos nas medidas Emprego Jovem Ativo, Contrato Emprego-inserção e Contrato Emprego-inserção+ e Estágios Profissionais, com base na atualização para 2018 do valor do IAS.

O despacho -- assinado pelo secretário de Estado do Emprego, Miguel Cabrita, produz efeitos a 01 de janeiro deste ano e aplica-se a candidaturas em execução.

O indexante dos apoios sociais (IAS) é, em regra, o referencial dos apoios financeiros a conceder pelo Instituto do Emprego e da Formação Profissional, I. P. (IEFP, I. P.), no âmbito dos programas e medidas ativas de emprego.

Aquele valor determina os montantes a pagar às entidades, bem como o montante dos apoios a pagar aos destinatários pelas entidades promotoras dos projetos, tal como, por exemplo, o valor de bolsas.

A Portaria n.º 21/2018, de 18 de janeiro, atualizou o valor do IAS, com efeitos a partir de 1 de janeiro de 2018, fixando-o em (euro) 428,90.

ICO// ATR

Lusa/Fim

+ notícias: Economia

Reformados estrangeiros escolhem cada vez mais Portugal como destino para morar

Há cada vez mais estrangeiros a escolher Portugal para viver durante a reforma. Muito graças aos benefícios fiscais do “Regime de Residentes Não Habituais”, introduzido pelo Governo em 2009. Em apenas um ano a adesão ao regime cresceu 44%. Quem decide reformar-se no Porto, garante que há muitas vantagens em relação a outros pontos do país.

Air France estima que impacto de 11 dias de greve foi de 300 ME

O impacto financeiro de 11 dias de greve na Air France deverá ter sido de cerca de 300 milhões de euros, informou esta terça-feira a transportadora aérea, que vai lançar uma consulta aos trabalhadores sobre a proposta de aumentos salariais.

Portugal mantém 3ª maior dívida pública europeia no 4º trimestre de 2017 apesar do recuo

A dívida pública recuou na zona euro (86,7%) e na União Europeia (UE 81,6%) no quatro trimestre de 2017, com Portugal a manter a terceira maior (125,7%), apesar da forte diminuição homóloga e trimestral, segundo o Eurostat.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.