Jornal Diário Jornal das 13

Perturbações na TAP e Ryanair na Páscoa podem representar 7 ME em compensações

| Economia
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 16 abr (Lusa) -- As perturbações em voos da TAP e Ryanair no período da Páscoa terão afetado cerca de 19.400 passageiros e podem representar cerca de sete milhões de euros em compensações, estima a empresa AirHelp.

Em informação disponibilizada à agência Lusa e com base em análises de voos entre 24 de março e 08 de abril, a empresa especializada na defesa dos direitos dos passageiros aéreos concluiu que cerca de 13.600 passageiros da TAP "são elegíveis a receber compensações" no âmbito do regulamento EC261, o que poderá representar cerca de 5,2 milhões de euros.

Em relação à Ryanair foi estimado que cerca de 5.800 passageiros "são elegíveis a receber compensações, as quais poderão representar no total cerca de 1,8 milhões de euros".

"Neste período, cerca de 40% dos voos da TAP de ou para Portugal sofreram perturbações. Cerca de 900 voos tiveram um atraso entre 15 e 180 minutos, cerca de 25 voos atrasaram-se mais de 180 minutos e mais de 120 voos foram cancelados", concluiu a AirHelp.

Sobre a transportadora aérea de baixo custo irlandesa, a empresa analisou que 20% dos voos com partida ou chegada a Portugal sofreram perturbações.

"Cerca de 170 voos tiveram um atraso entre 15 e 180 minutos, perto de 10 voos tiveram um atraso superior a 180 minutos e cerca de 40 voos foram cancelados", lê-se na informação.

Os tripulantes de cabine nas bases portuguesas da Ryanair fizeram uma greve de três dias não consecutivos em 29 de março, 01 de abril e 04 de abril.

Na TAP, o Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil (SPAC) apelou à não aceitação de voos em folga/férias no período de 24 a 28 de março (inclusive), pedido de folgas em atraso e 'e-learning'.

A Autoridade Nacional de Aviação Aérea (ANAC) contabilizou nos dias 26, 27 e 28 de março 29 voos cancelados da TAP em Lisboa e 3.846 passageiros afetados.

Em resposta à agência Lusa, a ANAC referiu os cancelamentos da companhia aérea no final de março, informando ter convocado "responsáveis da transportadora da aérea de apoio a passageiros para prestar esclarecimentos e informações à ANAC".

PL // MSF

Lusa/fim

Sobre a AirHelp

A AirHelp é uma startup fundada em 2013, no Y Combinator. Detém atualmente a aplicação de compensações por perturbações em voos com mais downloads do mundo, sendo o serviço independente líder ao nível mundial na defesa dos passageiros afetados por atrasos, cancelamentos ou impedimentos de embarque. Até à data, a empresa apoiou mais de cinco milhões de clientes a submeterem uma reclamação, o que representa cerca de 300 milhões de euros em compensações.

Presente em Portugal desde 2013, a AirHelp fornece um serviço intuitivo, através do website www.airhelp.pt ou da aplicação para dispositivos móveis, onde os passageiros podem introduzir os dados do seu voo e verificar se este é elegível para uma compensação da companhia aérea. Em caso afirmativo, o passageiro poderá ter direito a uma compensação de até 600 Euro por pessoa, sendo a AirHelp a tratar de toda a burocracia.

Dispondo da maior base de dados de informação sobre voos, a AirHelp combina todos os conhecimentos sobre a regulação do espaço aéreo e algoritmos próprios. Desta forma, está apta a defender milhões de passageiros que desconhecem os seus direitos com base na regulação da UE ou que não podem perder tempo a fazer reclamações. O objetivo é tornar a reivindicação de compensações tão fácil e fluida quanto possível.

Todos os anos, cerca de 13 milhões de passageiros têm direito a uma compensação e mais de 5 mil milhões de euros ficam por reembolsar. É aqui que a AirHelp entra. Fornecendo "justiça como um serviço", a empresa ajuda os passageiros aéreos de todo o mundo a obterem compensações por atrasos, cancelamentos ou impedimentos de embarque em voos, ocorridos nos últimos três anos.

A empresa tem escritórios em vários locais do mundo. Está representada em 30 países, fornecendo apoio em 16 línguas e conta com mais de 500 colaboradores.

Redes sociais:

https://www.facebook.com/AirHelpPT

https://twitter.com/AirHelpPT

https://www.instagram.com/AirHelpPT/

+ notícias: Economia

EasyJet vai contestar indemnizações por falta de combustível em Lisboa

A companhia aérea easyJet afirmou hoje que vai contestar as indemnizações que foi obrigada a pagar devido às perturbações pela falha no abastecimento de combustível no aeroporto de Lisboa, tentando "recuperar esses valores" junto das petrolíferas.

IEFP admite erros na contagem das horas de formação, processos estão a ser reanalisados

O presidente do Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP) admitiu hoje erros na contabilização das horas de formação, afirmando que os resultados da reanálise dos processos dos formadores que trabalham a recibo verde serão transmitidos "oportunamente".

Ryanair prevê cancelar até 300 voos diários devido a greve na próxima semana

A companhia aérea Ryanair indicou hoje que prevê cancelar até 300 voos diários na próxima quarta e quinta-feira (dias 25 e 26) devido a perturbações provocadas pela greve de tripulantes de cabine em Portugal, Espanha e Bélgica.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS

N'Agenda

Exposição 'Frida Kahlo -...