Info

Costa não vê motivos para BE e PCP estarem descontentes com redução do défice

| Política
Porto Canal com Lusa

Barrancos, Beja, 13 fev (Lusa) -- O primeiro-ministro, António Costa, afirmou hoje não ver razões para o Bloco de Esquerda e o PCP estarem descontentes com a redução do défice, insistindo que os compromissos assumidos estão a ser cumpridos.

"Se nós estivéssemos agora a alterar alguma das medidas que acordámos no orçamento, se estivéssemos agora a abandonar alguns dos compromissos que assumimos no orçamento, aí sim, havia razões para alguém se queixar. Felizmente, não é essa a circunstância", declarou.

António Costa, que falava aos jornalistas em Barrancos, no distrito de Beja, reiterou que o seu Governo está "a cumprir tudo" com o que se comprometeu e até "a poder reforçar o investimento em 74 milhões de euros" com o que foi poupado nos juros da dívida.

SYM // JPS

Lusa/Fim

+ notícias: Política

Governo deixa de fora o Norte nos grandes investimentos da educação e saúde para os próximos cinco anos

O Governo apresentou esta semana o Programa de Estabilidade 2019-2023 e o Norte do país fica de fora no que diz respeito a investimentos na educação e na saúde.

Atualizado 20-04-2019 12:11

Autarca da Maia condenado a perda de mandato diz ter “condições” para recandidatura

O presidente da Câmara da Maia, António Silva Tiago, condenada pelo Tribunal Administrativo e Fiscal (TAF) do Porto a perda de mandato, considerou esta sexta-feira estar a ser "injustiçado" e garante ter "condições apoios" para uma recandidatura.

Bragança insiste na promoção do aeródromo a aeroporto regional

A Câmara Municipal de Bragança insiste na reivindicação da inclusão no Plano Nacional de Investimentos 2030 da transformação do aeródromo municipal em aeroporto regional de Trás-os-Montes. O autarca defende a alternativa ao Aeroporto Sá Carneiro.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS