Jornal Diário Jornal das 13 Último Jornal

PJ deteve homem suspeito de abusar de crianças a troco de presentes em Famalicão

PJ deteve homem suspeito de abusar de crianças a troco de presentes em Famalicão
| Norte
Porto Canal com Lusa

A Polícia Judiciária (PJ) deteve um homem de 28 anos pela presumível autoria de crimes de abuso sexual de crianças, praticados na sua residência, em Vila Nova de Famalicão, anunciou hoje a Diretoria do Norte daquela autoridade.

Em comunicado, a PJ refere que desde há quatro anos que o suspeito obrigaria as crianças a praticar atos sexuais, estando até ao momento já identificadas seis vítimas.

“O agressor atraía as vítimas, com idades compreendidas entre os 10 e os 14 anos, para a sua residência, em Vila Nova de Famalicão, local onde praticava aqueles abusos, oferecendo-lhes em troca pequenos presentes”, acrescenta.

A investigação da PJ partiu teve como base uma denúncia feita pelas vítimas.

O detido, sem ocupação laboral, foi presente a primeiro interrogatório judicial, tendo-lhe sido determinada a medida de coação de prisão preventiva.

+ notícias: Norte

Inundações e quedas de árvores em Lamego, Armamar e Resende

Os concelhos de Lamego, Armamar e Resende, no norte do distrito de Viseu, foram esta quarta-feira afetados pelo mau tempo, que provocou inundações e quedas de árvores, disse à agência Lusa fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro.

Porto Canal vai impugnar decisão da ERC

O Porto Canal vai impugnar judicialmente a decisão da ERC pela agora 'reprovação veemente' da divulgação de práticas por parte do SL Benfica. A decisão foi enviada em comunicado às redações pelo Diretor Geral do Porto Canal, Júlio Magallhães, na tarde desta quarta-feira.

Sabe o que significam as tradições do São João?

Há tradições de São João que já contam com séculos de história. Esta é uma festa pagã e o historiador Joel Cleto explicou ao Porto Canal a origem de algumas destas práticas.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.