Info

Circulação restabelecida na linha do Douro

Circulação restabelecida na linha do Douro
| Norte
Porto Canal com Lusa

A Infraestruturas de Portugal (IP) informou que foi restabelecida a circulação de comboios entre a Régua-Pinhão, na linha do Douro, com limitação de velocidade a 10 quilómetros hora no local onde ocorreu um deslizamento de pedras.

Na terça-feira, a queda de pedras sobre a via-férrea provocou o descarrilamento parcial de um comboio na zona da estação do Ferrão, concelho de Sabrosa, não se tendo registado feridos entre os cerca de 30 passageiros que seguiam a bordo.

A IP procedeu durante o dia de hoje à consolidação do talude, recorrendo a técnicos especializados em trabalhos em altura.

A empresa informou que, após a conclusão desses trabalhos, foi restabelecida ao início da noite a circulação de comboios entre as estações de Peso da Régua e Pinhão, com a limitação de velocidade a 10 quilómetros hora no local do incidente.

Entre terça-feira e hoje foi assegurado o transbordo rodoviário entre as duas estações.

Na origem da ocorrência esteve, segundo a IP, um deslizamento de pedras decorrente das intempéries que se têm feito sentir nas últimas semanas.

Durante o dia de terça-feira foram realizados os trabalhos de carrilamento do comboio, com a ajuda de uma composição de emergência enviado para o local.

Depois foram removidas das pedras que caíram sobre a linha, algumas das quais de grande dimensão.

A IP disse que "não se registaram danos na infraestrutura ferroviária" e ressalvou que a circulação só seria normalizada depois de "garantidos todos os requisitos de segurança".

Por dia são efetuadas 10 viagens entre as estações de Peso da Régua e Pocinho, cinco em cada sentido.

+ notícias: Norte

Passe único entra em vigor em junho em Santo Tirso

O passe único entra em vigor em Santo Tirso a partir de junho dado que duas transportadoras a operar no concelho estão ainda em processo de aquisição dos validadores, informou esta segunda-feira o presidente da autarquia.

Grávida em morte cerebral está ligada às máquinas até dar à luz

Uma jovem de 26 anos grávida está em morte cerebral desde dezembro de 2018, no Hospital de S. João, no Porto, mas continua ligada às máquinas para que o nascimento do filho aconteça. Este caso vai ser desenvolvido no Jornal Diário desta segunda-feira às 20 horas.

Atualizado 25-03-2019 18:35

Acidente com dois camiões provoca um ferido grave em Cabeceiras de Basto

Um acidente que envolveu dois veículos pesados na A7, em Cabeceiras de Basto, provocou esta segunda-feira um ferido grave, apurou o Porto Canal com fonte dos Bombeiros Voluntários Cabeceirenses.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS

N'Agenda

Visita guiada ao Teatro Nacional...