Jornal Diário Jornal das 13

Número de casos confirmados de sarampo sobe para 42

Número de casos confirmados de sarampo sobe para 42
| País
Porto Canal com Lusa

O secretário de Estado da Saúde revelou, esta segunda-feira, existirem em Portugal 42 casos confirmados de sarampo, todos em adultos, ao passo que o número de casos suspeitos subiu para 117 e abrange "apenas uma criança, de 12 meses".

Dos 42 casos confirmados de sarampo, todos dizem respeito a adultos e existem 39 casos "a aguardar resultados", acrescentou Fernando Araújo, numa conferência de imprensa realizada no Porto para fazer o ponto de situação sobre o surto de sarampo verificado na região Norte.

O secretário de Estado indicou ainda que a maioria dos casos diz respeito "a adultos jovens", com idades entre os 20 e os 40 anos, a maior parte "profissionais de saúde", sendo que "mais de dois terços estavam vacinados".

+ notícias: País

Transferência de guardas para combate aos fogos deixa GNR desfalcada

A transferência de guardas para combate aos fogos deixou a GNR desfalcada. O alerta é da Associação dos Profissionais da Guarda que volta a falar em falta de meios humanos. Os militares garantem que a GNR está “no fundo do poço” e que está em risco a segurança das populações com menos militares a fazer patrulhamento.

Empresas de pirotecnia contra o Governo pela proibição do uso de fogo de artifício

A associação que representa as empresas de pirotecnia está contra a proibição do uso de fogo de artifício, imposta pelo Governo no período que vigora o alerta vermelho, devido ao risco de incêndio. Vários espetáculos foram já cancelados e as empresas dizem estar em risco de falência.

Aviso amarelo devido ao calor alargado até quarta-feira no continente

O aviso amarelo devido ao calor, que teve início na semana passada, foi alargado até às 22:00 de quarta-feira nos 18 distritos de Portugal continental, de acordo com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.