Info

Paulo Jorge Ferreira é o novo reitor da Universidade de Aveiro

| Política
Porto Canal com Lusa

Aveiro, 13 mar (Lusa) -- O Conselho Geral da Universidade de Aveiro (UA) elegeu hoje para reitor Paulo Jorge Ferreira, com 14 votos em 19 possíveis.

O outro candidato a suceder a Manuel António Assunção, José Fernando Mendes, obteve quatro votos e registou-se um voto em branco.

Paulo Jorge Ferreira é doutorado em Engenharia Eletrotécnica e professor catedrático no Departamento de Eletrónica, Telecomunicações e Informática da UA, departamento do qual foi diretor entre fevereiro de 2015 e fevereiro de 2018, altura em que abdicou do cargo para apresentar a sua candidatura à reitoria.

O novo reitor apresentou-se ao Conselho com um programa assente na valorização dos membros da comunidade académica, que aposta na interdisciplinaridade, interligação e capacitação da investigação, bem como no aprofundamento da relação entre a UA e a região.

No final da votação do Conselho Geral, Paulo Jorge Ferreira manifestou "entusiasmo pelo projeto UA", "grande gratidão perante uma comunidade que acreditou, que foi fonte de inspiração e força", e "responsabilidade, acrescida pela dificuldade da tarefa", que encara com confiança.

"Não é confiança em mim, mas sim na comunidade. Sinto que há muita gente pronta a ajudar e tudo farei para estar à altura das expectativas", disse.

MSO // MSP

Lusa / Fim

+ notícias: Política

Tancos: Ministério da Defesa investiga procedimento da PJ Militar

O Ministério da Defesa determinou a 04 de outubro a realização de uma “auditoria extraordinária aos procedimentos internos” da Polícia Judiciária Militar (PJM), na sequência da recuperação do material militar roubado dos paióis de Tancos no ano passado.

Câmara de Vila Real lança segunda-feira campanha sobre perigo na A24

A Câmara de Vila Real disse que vai colocar painéis nas entradas da Autoestrada 24 (A24) para alertar os automobilistas para os “perigos e falhas” da via, uma iniciativa apoiada pela Comunidade Intermunicipal do Douro (CIM Douro).

Tancos: Presidente da República garante desconhecer factos sobre reaparecimento das armas

O Presidente da República garantiu este sábado à Agência Lusa desconhecer os factos na base do desaparecimento e reaparecimento das armas de Tancos, recordando que tem insistido na exigência do esclarecimento de "toda a verdade, doa a quem doer".

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.