Info

Greve dos professores: Fenprof aponta para uma adesão de 60% a 70% durante a manhã

Greve dos professores: Fenprof aponta para uma adesão de 60% a 70% durante a manhã
| País
Porto Canal com Lusa

A greve dos professores registou hoje de manhã uma adesão entre 60% e 70%, segundo a Federação Nacional dos Professores (Fenprof), numa conferência de imprensa acompanhada pelos restantes sindicatos que convocaram a paralisação.

"Esta é uma grande resposta dos professores no primeiro de quatro dias de greve", disse aos jornalistas o secretário-geral da Fenprof.

"Se o Governo não ouviu os professores na negociação vai ouvir na rua", disse Mário Nogueira, no primeiro balanço sobre a manhã de greve junto à escola Marquesa da Lorna, em Lisboa.

Na segunda-feira, sindicatos dos professores e Ministério da Educação não chegaram a acordo em relação à contagem do tempo de descongelamento das carreiras.

A tutela admite descongelar dois anos e dez meses de tempo de serviço aos docentes, enquanto estes não desistem de ver contabilizados os nove anos e quatro meses.

Como não chegaram a acordo, os professores mantiveram a greve prevista para entre hoje e sexta-feira.

A greve abrange hoje as escolas dos distritos de Lisboa, Setúbal e Santarém e na região autónoma da Madeira, na quarta-feira as da região sul (Évora, Portalegre, Beja e Faro), na quinta-feira as da região centro (Coimbra, Viseu, Aveiro, Leiria, Guarda e Castelo Branco) e, na sexta-feira, é a vez da região norte (Porto, Braga, Viana do Castelo, Vila Real e Bragança) e na região autónoma dos Açores.

+ notícias: País

Professores fazem greve às avaliações se "decreto do roubo" não for alterado

Os professores vão fazer greve às avaliações e uma manifestação nacional na véspera das eleições legislativas caso a recuperação de anos de serviço prevista no que consideram o "decreto do roubo" não seja alterada no parlamento.

Fogo em Proença-a-Nova em fase de rescaldo

O incêndio que lavrava em Proença-a-Nova desde a manhã deste domingo entrou em fase de rescaldo e vigilância cerca das 17h00, disse à agência Lusa fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro de Castelo Branco.

GNR deteve 58 pessoas em flagrante delito nas últimas 12 horas

A GNR deteve 58 pessoas em flagrante delito, entre as 20h00 de sábado e as 08h00 deste domingo, em ações de prevenção e combate à criminalidade violenta e fiscalização rodoviária.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.