Jornal Diário Jornal das 13 Último Jornal

GNR deteve 60 pessoas nas últimas 12 horas, a maior parte por condução com álcool

GNR deteve 60 pessoas nas últimas 12 horas, a maior parte por condução com álcool
| País
Porto Canal com Lusa

A GNR anunciou este domingo a detenção de 60 pessoas, a maior parte das quais por condução sob o efeito de álcool, num conjunto de operações realizadas entre as 20h00 de sábado e as 08h00, em todo o país.

Entre as 60 detenções, em flagrante delito, a GNR destacou 25 detidos por condução sob o efeito do álcool, quatro por condução sem habilitação legal, um por ofensas à integridade física e um por uso de documento de identificação alheio.

Nestas operações foram apreendidas 13 doses de haxixe e uma máquina de jogo ilegal de fortuna ou azar.

No âmbito da sinistralidade, foram registados 95 acidentes, dos quais resultaram 29 feridos ligeiros.

Na fiscalização do trânsito foram detetadas 753 infrações, destacando-se 233 casos de excesso de velocidade, 59 por condução com taxa de álcool no sangue superior ao permitido por lei, 54 por anomalias nos sistemas de iluminação e sinalização e 45 por falta de inspeção periódica obrigatória.

Foram detetadas 21 condutores a usar indevidamente o telemóvel, 21 sem cinto de segurança e/ou sistema de retenção para crianças, 14 casos de infrações relacionadas com tacógrafos e 10 com falta de seguro de responsabilidade civil obrigatório.

As operações visaram a prevenção e combate à criminalidade violenta e fiscalização rodoviária, entre outras.

+ notícias: País

Motociclista morre em despiste na cidade das Caldas da Rainha

Um homem de 36 anos morreu este domingo num acidente de motociclo na cidade de Caldas da Rainha, no distrito de Leiria, disse fonte dos Bombeiros Voluntários de Caldas da Rainha.

Incêndio na zona de Badajoz que mobilizou meios portugueses está extinto

O incêndio rural de grandes dimensões que lavrou este sábado na zona de Badajoz (Espanha) e que mobilizou meios portugueses, foi considerado extinto cerca das 15:00, disse à agência Lusa fonte da Proteção Civil.

Ordem dos Médicos averigua acesso indevido a dados de doentes no Hospital do Barreiro

A Ordem dos Médicos vai averiguar a alegada criação de falsos perfis médicos no Centro Hospitalar Barreiro Montijo que permite que profissionais não médicos acedam a processos clínicos.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.