Jornal Diário Jornal das 13

Reposta circulação em rua do centro do Porto após reparação de fuga de gás

Reposta circulação em rua do centro do Porto após reparação de fuga de gás
| Norte
Porto Canal com Lusa

A rua de Santa Teresa, no centro do Porto, foi pelas 15h00 reaberta à circulação, depois de ter estado “intransitável” durante cerca de uma hora para reparar uma “fuga de gás num tubo”, revelou à Lusa a PSP.

De acordo com fonte do Comando Metropolitano do Porto da PSP, a rua de Santa Teresa, que pelas 14h00 foi tornada “intransitável” devido a uma fuga de gás, foi reaberta à circulação pelas 15h00, depois de o piquete da empresa de abastecimento ter estado no local e reparado a “fuga de gás num tubo”.

De acordo com os bombeiros Sapadores do Porto, que mobilizaram para o local quatro homens e uma viatura, o alerta para uma fuga de gás num edifício devoluto da rua de Santa Teresa, junto à praça Guilherme Gomes Fernandes, foi dado pelas 13:32.

Depois de a PSP chegar ao local, pelas 14h00, fonte do Comando Metropolitano do Porto explicou à Lusa estar em causa “uma situação de fuga de gás num edifício devoluto, aparentemente nas caixas de distribuição dos contadores de gás”.

A mesma fonte acrescentou ter sido decidido, por precaução, “tornar a rua intransitável até à chegada do piquete da empresa de gás e à resolução do problema”.

Concluiu-se, depois da análise do piquete, ter sido uma “fuga num tubo de gás”, explicou a PSP.

+ notícias: Norte

CGTP anuncia queixa ao Ministério Público de alegada “tortura psicológica” por empresa da Feira

A Confederação Geral dos Trabalhadores Portugueses (CGTP) vai apresentar queixa ao Ministério Público contra a empresa de Santa Maria da Feira que acusa de exercer "tortura psicológica" sobre uma operária reintegrada por ordem judicia.

Atualizado 22-09-2018 12:37

Colisão entre dois carros provoca um morto e um ferido grave em Gondomar

Um colisão entre dois automóveis ligeiros provocou, este sábado, uma vítima mortal e um ferido grave, na EN108, em Zebreiros, Gondomar, apurou o Porto Canal com fonte dos Bombeiros Voluntários de Valbom.

Diretor artístico do Museu de Serralves apresenta demissão

O diretor artístico do Museu de Arte Contemporânea de Serralves, João Ribas, apresentou na sexta-feira a sua demissão porque "já não tinha condições para continuar à frente da instituição", segundo disse o próprio ao jornal Público.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.