Info

Tiroteio em escola dos Estados Unidos causa pelo menos 20 feridos

| Mundo
Porto Canal com Lusa

Florida, Estados Unidos, 14 fev (Lusa) -- Pelo menos 20 pessoas ficaram feridas num tiroteio que ocorreu hoje numa escola da Florida, nos Estados Unidos, segundo informação dos meios de comunicação no local, que não revelam a gravidade dos ferimentos.

As autoridades ainda não confirmaram o número oficial de feridos, nem a sua gravidade, existindo informações de que podem existir mais de 20 nesta ocorrência.

Um porta-voz da polícia do condado de Broward afirmou que uma equipa das operações especiais está na escola, que foi encerrada, com os estudantes e restante comunidade educativa a abandonarem as instalações.

Uma mensagem divulgada nas redes sociais pelo gabinete do xerife do condado de Broward refere que o "atirador ainda não foi preso".

Várias ambulâncias, veículos dos bombeiros e carros da polícia estão esta noite na escola Marjory Stoneman Douglas, em Parkland, na Florida.

"Estamos a acompanhar a evolução desta terrível situação no condado de Broward, na Florida, com relatos de tiroteio na escola", disse o senador da Florida, Marco Rubio.

A Casa Branca, em comunicado, refere que o Presidente, Donald Trump, está "atento e a seguir de perto" o tiroteio na escola da Florida, acrescentando que os seus "pensamentos e orações" estão com os afetados.

AJO // ARA

Lusa/Fim

+ notícias: Mundo

Passaporte português é plano de fuga para brasileiros após eleições

Procurar por um passaporte português passou a ser um plano alternativo, nas últimas semanas, para brasileiros que, receando o aumento da violência após as eleições presidenciais de 28 de outubro, equacionam deixar o país.

Donald Trump volta a defender separação de famílias na fronteira com o México

O Presidente norte-americano, Donald Trump, voltou a defender este sábado a separação de famílias de imigrantes na fronteira com o México, encorajando todos os que "sentem" que vão ser separados a não entrarem no território.

Acidente de viação na Grécia faz 11 mortos, possivelmente migrantes

A polícia grega disse ter recuperado os corpos de 11 pessoas que acredita serem migrantes recentemente chegados da Turquia, depois de o carro em que seguiam ter tido um acidente no norte da Grécia, adiantou a AP.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.