Jornal Diário Jornal das 13 Último Jornal

Deputados autarcas podem continuar a justificar faltas com trabalho político

| Política
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 14 fev (Lusa) -- Os deputados autarcas vão continuar a poder justificar as suas faltas no parlamento com trabalho político e partidário efetuado nas câmaras e assembleias municipais, de acordo com um parecer da subcomissão de Ética hoje aprovado.

O parecer da subcomissão foi aprovado na Comissão de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias por todas as bancadas, com a abstenção do PS que tem dúvidas sobre esta interpretação.

A dúvida sobre se os deputados que são autarcas podem justificar as faltas no parlamento com o trabalho político para assistir a reuniões nas autarquias tinha sido levantada pelo deputado do PS Jorge Lacão na sua qualidade da vice-presidente da Assembleia da República com a competência (rotativa) de justificação de faltas.

A Comissão de Assuntos Constitucionais pediu um parecer sobre o assunto à subcomissão da Ética, que concluiu ser possível justificar as faltas na Assembleia da República com trabalho político e partidário se se tratar de participar em reuniões em câmaras ou assembleias municipais.

Jorge Lacão reconheceu estar numa posição minoritária, mas argumentou as suas dúvidas com o facto de um deputado estar a justificar uma falta num órgão para que foi eleito, o parlamento, com o trabalhou noutro órgão, autárquico, que tem "um mandato diferente" e foi escolhido "numa eleição diferente".

"São mandatos distintos. Se [a justificação] não é aceite nas autarquias, simetricamente também deveria ser proibido na Assembleia", afirmou Jorge Lacão.

Luís Marques Guedes, deputado do PSD e presidente da subcomissão da Ética, afirmou que o Estatuto dos Deputados "dissocia o trabalho parlamentar do trabalho político ou partidário" e que é suficientemente amplo para justificar a falta do deputado autarca.

NS // ZO

Lusa/fim

+ notícias: Política

António Costa diz que "não há nenhuma razão para não estarmos preocupados" com os incêndios

O primeiro-ministro, António Costa, disse este sábado não haver motivos para ficar descansado relativamente aos incêndios florestais e que, por isso, todos os esforços em curso para os evitar têm de continuar a ser feitos.

Atualizado 20-05-2018 11:27

Presidente da República recebido por Donald Trump na Casa Branca no final de junho

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, vai encontrar-se com o seu homólogo norte-americano, Donald Trump, na Casa Branca, no final de junho, disse este sábado à agência Lusa fonte da Presidência.

Marcelo Rebelo de Sousa saúda Movimento Pelo Interior e considera que país está unido nesta causa

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, saudou esta sexta-feira o Movimento Pelo Interior, que propõe um conjunto de medidas para a coesão territorial, e considerou que o país está unido nesta causa.

Atualizado 19-05-2018 11:27

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.