Jornal Diário Jornal das 13

Carlos Abreu Amorim não está disponível para integrar direção do PSD

| Política
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 14 fev (Lusa) -- O vice-presidente do grupo parlamentar social-democrata Carlos Abreu Amorim está indisponível para fazer parte da direção do partido e diz que não assumirá com Rui Rio qualquer cargo no PSD, "a não ser que ele faça uma viragem estratégica".

Em declarações ao jornal I, Carlos Abreu Amorim diz igualmente que não se revê na estratégia do presidente eleito do PSD, Rui Rio.

"Não estou disponível para fazer parte da direção. Há um certo cansaço da minha parte em relação a esta tarefa de orientação política dos deputados e não me revejo na estratégia de Rui Rio. Não assumirei com o dr. Rui Rio nenhum cargo no partido, a não ser que ele faça uma viragem estratégica", afirmou.

O vice-presidente do grupo parlamentar do PSD diz que quer sair mesmo que Hugo Soares se mantenha no cargo e diz não ter dúvidas de que a continuidade do atual líder parlamentar é a única solução possível para o partido, escreve o jornal I.

"Não é uma questão de mérito, mas nenhum [dos deputados que estão disponíveis] reúne consensos mínimos ou está em posição de conseguir unir o grupo parlamentar. Muito pelo contrário", afirma Carlos Abreu Amorim.

"Alguns desses nomes representam um perigo em relação ao número de brancos e nulos que possam vir a obter. Já imaginou o que será se metade dos deputados não votar no líder do grupo parlamentar que o presidente do partido escolheu?", questiona.

Carlos Abreu Amorim foi deputado pela primeira vez em 2011, quando Passos Coelho chegou a primeiro-ministro e desde essa altura que é vice-presidente do grupo parlamentar. Foi apoiante de Pedro Santana Lopes nas eleições para a presidência do partido.

SO // SB

Lusa/fim

+ notícias: Política

Web Summit: Paddy Cosgrave anuncia que retira convite a Marine Le Pen

O presidente executivo da Web Summit, Paddy Cosgrave, anunciou hoje no Twitter que decidiu retirar o convite à líder da extrema-direita francesa, Marine Le Pen, depois das críticas de vários setores.

Governo autoriza arranque da terceira fase de obras no hospital de Gaia

O Governo autorizou o arranque da terceira fase de obras no Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia/Espinho (CHVNG/E), indicou esta terça-feira a câmara de Vila Nova de Gaia após uma reunião com o Ministério da Saúde.

36 Câmaras Municipais que não têm o Plano Municipal Contra Incêndios atualizado

Há 36 Câmaras Municipais que não têm o Plano Municipal Contra Incêndios atualizado. A norma foi introduzida no Orçamento do Estado de 2018 e previa uma penalização até 20% para os municípios, que acabou por não acontecer. As autarquias garantem que não há motivos para alarme.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

DESCUBRA MAIS

Olá Maria!

Trend(i) - diferentes tipos de bolsas...

N'Agenda

Exposição 'Amor com amor...