Info

Mercedes vai chamar à revisão mais de 20 mil veículos na China

| Economia
Porto Canal com Lusa

Pequim, 14 fev (Lusa) - O construtor automóvel alemão Mercedes-Benz e a sua joint-venture chinesa Beijing Benz Automotive vão chamar à revisão 20.779 veículos na China, devido a cintos de segurança defeituosos, informaram hoje as autoridades encarregadas do controlo de qualidade.

A Beijing Benz Automotive vai fazer a revisão de um total de 18.893 automóveis Classe C e GLC, fabricados entre outubro de 2016 e fevereiro de 2017, detalhou a Administração-Geral de Supervisão da Qualidade, Inspeção e Quarentena do país, citada pela televisão estatal CCTV.

A Mercedes-Benz China fará a revisão de 1.886 automóveis desportivos importados Classe S, Classe C e GLC, fabricados entre julho e dezembro de 2016.

As autoridades chinesas referiram que os cintos de segurança podiam não funcionar em caso de acidente, o que supõe um risco para a segurança do condutor.

As revisões, realizadas gratuitamente, vão começar a 9 de março.

JPI //RBF

Lusa/fim

+ notícias: Economia

Vistos Gold: Investimento cai 5% em setembro para 37 milhões de euros

O investimento resultante da atribuição de vistos 'gold' caiu 5% em setembro, em termos homólogos, para 37 milhões de euros, e 19% face a agosto, de acordo com os dados estatísticos do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF).

Carne de porco portuguesa duplica exportações ao iniciar vendas para a China em 2019

Os suinicultores portugueses têm "praticamente fechado" um acordo com a China, que lhes permite em 2019 duplicar as exportações e começar a crescer, três anos após a maior crise, anunciou esta terça-feira a Federação Portuguesa de Associações de Suinicultura (FPAS).

Maço de tabaco deve aumentar 10 cêntimos no próximo ano

O aumento do Imposto sobre o Tabaco (IT) previsto na proposta de Orçamento do Estado para 2019 (OE2019) pode significar uma subida de cerca de 10 cêntimos no maço de cigarros, segundo simulações feitas pela consultora Deloitte.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.