Jornal Diário Jornal das 13 Último Jornal

Mercedes vai chamar à revisão mais de 20 mil veículos na China

| Economia
Porto Canal com Lusa

Pequim, 14 fev (Lusa) - O construtor automóvel alemão Mercedes-Benz e a sua joint-venture chinesa Beijing Benz Automotive vão chamar à revisão 20.779 veículos na China, devido a cintos de segurança defeituosos, informaram hoje as autoridades encarregadas do controlo de qualidade.

A Beijing Benz Automotive vai fazer a revisão de um total de 18.893 automóveis Classe C e GLC, fabricados entre outubro de 2016 e fevereiro de 2017, detalhou a Administração-Geral de Supervisão da Qualidade, Inspeção e Quarentena do país, citada pela televisão estatal CCTV.

A Mercedes-Benz China fará a revisão de 1.886 automóveis desportivos importados Classe S, Classe C e GLC, fabricados entre julho e dezembro de 2016.

As autoridades chinesas referiram que os cintos de segurança podiam não funcionar em caso de acidente, o que supõe um risco para a segurança do condutor.

As revisões, realizadas gratuitamente, vão começar a 9 de março.

JPI //RBF

Lusa/fim

+ notícias: Economia

Mais de metade do preço dos combustíveis resulta de taxas e de impostos

Mais de metade do preço de venda dos combustíveis em Portugal resulta de taxas e de impostos, sendo o Imposto Sobre os Produtos Petrolíferos (ISP) o que representa a maior fatia do valor pago pelos consumidores.

Deutsche Bank vai despedir sete mil trabalhadores

O Deutsche Bank anunciou hoje em Frankfurt que prevê despedir pelo menos sete mil trabalhadores, a nível mundial, para enfrentar as dificuldades em que se encontra e tentar controlar os custos.

Semana da Economia de Braga marcada por futuro da 'supercomputação'

Está a decorrer em Braga a terceira edição da Semana da Economia. Uma das conferências de destaque abordou o futuro da 'supercomputação' e 'data sciense', tendo em conta que, a Universidade do Minho vai receber nos próximos meses o primeiro 'supercomputador' do país.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.