Jornal Diário Jornal das 13

Profissionais do Hospital de São João agredidos por grupo que tentou atropelar polícia

| Norte
Porto Canal com Lusa

A PSP participou ao Ministério Público um caso de agressões a profissionais da urgência do Hospital de São João, no Porto, e posterior tentativa de atropelamento do polícia que procurava deter os envolvidos, disse esta quarta-feira fonte do Comando Metropolitano.

Atualizado 14-02-2018 17:46

Falando à agência Lusa, o oficial de serviço na PSP do Porto contou que cerca de dez pessoas estiveram envolvidas nos desacatos mas só duas foram identificadas.

Trata-se de uma pessoa que deu entrada na urgência como doente e de outra que ali foi como acompanhante.

O caso registou-se pouco depois das 23:00 de terça-feira.

Na sequência de uma alegada demora de atendimento do doente, foram agredidos dois enfermeiros, um auxiliar e um segurança.

"Um dos enfermeiros necessitou de ficar internado", disse a fonte policial contactada pela Lusa.

O agente da PSP em serviço no posto policial do hospital tentou fazer detenções e chegou mesmo a concretizar disparos de intimidação, para o ar, mas não evitou a fuga dos envolvidos.

Chegaram mesmo a tentar atropelá-lo.

A PSP destacou para o local várias reforços.

+ notícias: Norte

Serviço de Urgências do Hospital de Penafiel vive dias de verdadeiro caos

O serviço de urgências do Hospital de Penafiel está a 'rebentar pelas costuras'. A falta de camas de internamento está a levar a que muitos doentes permaneçam demasiado tempo internados nos corredores das Urgências. A Ordem dos Enfermeiros avança que as condições vão para além do limite para servir a população.

Vespa asiática continua a provocar quebras na produção de mel em Portugal

A vespa asiática está atacar colmeias e a provocar quebras na produção de mel. A Quercus diz que desde 2011 que alerta para a necessidade de se criar uma estratégia para acabar com os problemas provocados por esta espécie invasora.

Voluntários de Chaves recolhem cinco mil litros de lixo das florestas

Dezenas de jovens voluntários limparam a floresta no concelho de Chaves. A recolha de lixo da associação "Inspira" tem como objetivo evitar incêndios. Desde julho, foram ja recolhidos cinco mil litros de lixo.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

DESCUBRA MAIS

Olá Maria!

Trend(i) - diferentes tipos de bolsas...

N'Agenda

Exposição 'Amor com amor...