Jornal Diário Jornal das 13

Economia portuguesa cresceu 2,7% em 2017

Economia portuguesa cresceu 2,7% em 2017
| Economia
Porto Canal com Lusa

A economia portuguesa cresceu 2,7% no conjunto de 2017, o ritmo de crescimento anual mais elevado desde 2000 e mais 1,2 pontos percentuais do que no ano anterior, divulgou esta quarta-feira o Instituto Nacional de Estatística (INE).

Atualizado 14-02-2018 10:27

Segundo a estimativa do Eurostat, a economia cresceu 2,7% na zona euro e 2,6% na União Europeia no último trimestre de 2017, em termos homólogos, tendo progredido 0,6% face ao trimestre anterior em ambas as zonas.

Os números hoje publicados, em linha com a estimativa preliminar divulgada em 30 de janeiro passado, confirmam uma ligeira desaceleração do crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) europeu entre outubro e dezembro, tanto em termos homólogos (no terceiro trimestre de 2017 subira 2,8% em ambas as zonas face ao mesmo período de 2016), como em cadeia (entre julho e setembro crescera 0,7% tanto no espaço da moeda única como no conjunto dos 28 Estados-membros face ao segundo trimestre).

Hoje mesmo, o Instituto Nacional de Estatística (INE) anunciou que a economia portuguesa cresceu 2,7% no conjunto de 2017, o que representa então um ritmo de crescimento anual acima da média europeia.

De acordo com a estimativa rápida divulgada hoje pelo INE, tratou-se do ritmo de crescimento anual mais elevado em Portugal desde 2000 e mais 1,2 pontos percentuais do que no ano anterior (1,5% no conjunto de 2016).

+ notícias: Economia

Desconvocada greve dos trabalhadores que fazem manutenção dos Alfa Pendular

A greve dos trabalhadores da Unidade de Manutenção de Alta Velocidade (UMAV) da Empresa de Manutenção de Equipamento Ferroviário (EMEF) ao trabalho extraordinário, que começava este sábado, foi desconvocada após o anúncio de recrutamento de nove eletromecânicos.

Não param de aumentar os registos de alojamento local

Tem aumentado exponencialmente o número de registos de alojamento local em Portugal. Os proprietários estão a aproveitar enquanto a nova lei não entra em vigor. Com as novas regras, as autarquias passam a ter mais poderes e podem inclusive criar zonas nas cidades sem este tipo de alojamento.

Menos turistas estrangeiros reduzem dormidas nos hotéis em 2,9% em junho

As dormidas na hotelaria diminuíram 2,9% em junho em termos homólogos, devido sobretudo aos turistas estrangeiros que pernoitaram menos 5,1% nos hotéis portugueses nesse mês, divulgou hoje o Instituto Nacional de Estatística (INE).

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.