Jornal Diário Jornal das 13

Ministro da diplomacia holandesa demite-se devido a mentira sobre reunião com Putin

| Mundo
Porto Canal com Lusa

Haia, 13 fev (Lusa) - O ministro dos Negócios Estrangeiros holandês, Halbe Zijlstra, demitiu-se hoje na sequência de ter mentido sobre a sua presença durante uma reunião com o Presidente russo, Vladimir Putin.

"Não tenho hoje outra opção a não ser de submeter a minha demissão a sua majestade, o Rei", afirmou o governante no parlamento, visivelmente emocionado, pondo assim um ponto final na controvérsia que envolvia o seu nome.

O ministro, que ocupava o cargo desde outubro passado, tinha enfrentado hoje um debate difícil no parlamento, após ter admitido que mentiu sobre a sua presença numa reunião organizada pelo Presidente russo, na sua casa de campo, há mais de uma década.

Já era esperado que Halbe Zijlstra, membro do partido VVD (centro-direita), do primeiro-ministro Mark Rutte, enfrentasse questões difíceis e pedidos da sua demissão no parlamento.

No passado, o ministro da pasta diplomática afirmara que tinha participado numa reunião em 2006, quando Putin disse que considerava a Bielorrúsia, a Ucrânia e os Estados do Báltico como parte da "Grande Rússia".

No entanto, Zijlstra nunca esteve naquele encontro, mas falou com um ex-dirigente da petrolífera Shell que participou no encontro em casa de Putin e que afirma nunca ter dito o que o ministro repetiu nos últimos anos sobre a ideia expansionista de Putin.

Esta fonte escreveu hoje uma carta à imprensa holandesa em que assegurou que Zijlstra fez uma má interpretação da conversa, porque Putin "falava em termos históricos" e não "num tom de ameaça" contra a Europa.

ALU // ROC

Lusa/Fim

+ notícias: Mundo

Número de mortos na queda de viaduto em Génova sobe para 41

O número de vítimas da queda do viaduto na cidade italiana de Génova subiu para 41, depois de os bombeiros encontrarem entre os blocos de cimento um veículo com três pessoas, um casal e a filha de nove anos.

Autoridades espanholas resgatam 151 migrantes no mar

Cento e cinquenta e um migrantes, dos quais 20 mulheres e 34 crianças, foram levados para o porto de Málaga pelas autoridades marítimas de Espanha, após terem sido resgatadas de três embarcações no mar.

Morreu Aretha Franklin aos 76 anos

A cantora norte-americana Aretha Franklin, considerada a "Rainha da Soul", morreu hoje, aso 76 anos, anunciou o seu agente.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

DESCUBRA MAIS

Olá Maria!

Trend(i) - diferentes tipos de bolsas...

N'Agenda

Exposição 'Amor com amor...