Jornal Diário Jornal das 13 Último Jornal

Sete mortos e 13 feridos graves na 'Operação Carnaval 2018' da GNR

Sete mortos e 13 feridos graves na 'Operação Carnaval 2018' da GNR
| País
Porto Canal com Lusa

Sete mortos, 13 feridos graves e 259 feridos leves são o balanço até às 24h00 de segunda-feira de 834 acidentes rodoviários registados pela Guarda Nacional Republicana (GNR) na 'Operação Carnaval 2018'.

Os dados foram adiantados hoje à Lusa pelo comando nacional da GNR.

A 'Operação Carnaval 2018' termina às 24h00 desta terça-feira, teve início na sexta-feira, 09 de fevereiro e prevê mais patrulhamento e fiscalização rodoviária, com especial incidência junto aos locais dos festejos carnavalescos.

Durante todo o período da operação, militares dos comandos territoriais e da Unidade Nacional de Trânsito vão desenvolver várias ações de fiscalização para prevenir a sinistralidade rodoviária.

A condução sob a influência do álcool e de substâncias psicotrópica, a falta de habilitação para conduzir, o excesso de velocidade e a incorreta ou não utilização do cinto de segurança e/ou cadeirinhas para crianças serão as matérias a que a GNR vai estar particularmente atenta.

Além destas ações, de âmbito rodoviário, serão mobilizados recursos no sentido de garantir a segurança dos locais associados às festividades do Carnaval, que decorrem por todo o país, adiantou a GNR.

+ notícias: País

Voo da TAP regressa a Lisboa após tentar aterrar no aeroporto da Madeira

Um avião da TAP proveniente de Lisboa e com destino ao Funchal regressou este doimingo à origem e cancelou a viagem devido aos ventos fortes no Aeroporto Internacional da Madeira Cristiano Ronaldo, disse fonte aeroportuária.

Mais de meia centena de pessoas detidas durante a noite pela GNR

A Guarda Nacional Republicana (GNR) deteve durante a noite 58 pessoas, a maioria das quais por conduzirem com excesso de álcool, e apreendeu 14 doses de haxixe, informou este domingo a GNR, em comunicado.

Sindicatos de enfermeiros reúnem-se com a tutela na próxima quarta-feira

O Sindicato dos Enfermeiros e o Sindicato Independente dos Enfermeiros vão reunir-se com o Ministério da Saúde na próxima quarta-feira e esperam receber uma contraproposta à revisão da carreira especial de enfermagem entregue no ano passado.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.