Jornal Diário Jornal das 13

Sete mortos e 13 feridos graves na 'Operação Carnaval 2018' da GNR

Sete mortos e 13 feridos graves na 'Operação Carnaval 2018' da GNR
| País
Porto Canal com Lusa

Sete mortos, 13 feridos graves e 259 feridos leves são o balanço até às 24h00 de segunda-feira de 834 acidentes rodoviários registados pela Guarda Nacional Republicana (GNR) na 'Operação Carnaval 2018'.

Os dados foram adiantados hoje à Lusa pelo comando nacional da GNR.

A 'Operação Carnaval 2018' termina às 24h00 desta terça-feira, teve início na sexta-feira, 09 de fevereiro e prevê mais patrulhamento e fiscalização rodoviária, com especial incidência junto aos locais dos festejos carnavalescos.

Durante todo o período da operação, militares dos comandos territoriais e da Unidade Nacional de Trânsito vão desenvolver várias ações de fiscalização para prevenir a sinistralidade rodoviária.

A condução sob a influência do álcool e de substâncias psicotrópica, a falta de habilitação para conduzir, o excesso de velocidade e a incorreta ou não utilização do cinto de segurança e/ou cadeirinhas para crianças serão as matérias a que a GNR vai estar particularmente atenta.

Além destas ações, de âmbito rodoviário, serão mobilizados recursos no sentido de garantir a segurança dos locais associados às festividades do Carnaval, que decorrem por todo o país, adiantou a GNR.

+ notícias: País

SEF alerta para aumento de indocumentados e "fortes indícios" de tráfico de menores

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) destacou hoje o aumento do número de cidadãos estrangeiros que chegam indocumentados aos aeroportos portugueses, muitos deles com crianças menores, e alertou para “fortes indícios” de casos de tráfico.

INEM revela que mais de 1200 menores entraram em coma alcoólico em 2017

O Governo lançou esta sexta-feira uma campanha de sensibilização para alertar os jovens em relação ao consumo de álcool excessivo antes e depois dos 18 anos.

Cancro de pele está a aumentar em Portugal

O cancro de pele esta a aumentar em Portugal. A Associação Portuguesa de Cancro Cutâneo estima que haja 12 mil novos casos de cancro por ano. Este tipo de cancro mata anualmente 250 portugueses.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.