Jornal Diário Jornal das 13 Último Jornal

África do Sul declara estado de catástrofe natural em todo o país devido à seca

África do Sul declara estado de catástrofe natural em todo o país devido à seca
| Mundo
Porto Canal com Lusa

As autoridades sul-africanas proclamaram esta terça-feira o estado de catástrofe natural em todo o país devido à seca histórica que assola a África do Sul há vários meses a região da Cidade do Cabo, ameaçada de ficar sem água potável.

Segundo a AFP, a decisão, publicada hoje, foi tomada depois de uma "reavaliação da amplitude e da gravidade da seca atual", e confia a partir de agora a gestão da crise ao Governo.

As autoridades sul-africanas tinham apontado o dia 11 de abril como o 'Dia Zero', o primeiro dia em que faltaria água nas torneiras, tendo depois adiado a estimativa para dia 16 do mesmo mês.

O adiamento deve-se ao declínio no uso de água para fins agrícolas, porque muitas quintas nalgumas províncias, que incluem a própria cidade, escolheram usar as reservas que lhes foram alocadas em vez de usar água corrente.

As autoridades avisaram os habitantes para, ainda assim, continuarem a cumprir as indicações oficiais, que limitam o uso de água a 50 litros por pessoa.

A grave seca que assola a zona é um fenómeno invulgar, já que não só deriva da escassez de precipitação que caracterizou a passada estação de chuvas (abril-outubro), como de o nível de chuva ter sido particularmente baixo também nos dois anos anteriores.

Segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), só num duche de cinco minutos, gastam-se cerca de 100 litros de água.

+ notícias: Mundo

Colombiano Juan Gabriel Vásquez vence prémio principal do Correntes D'Escritas

O escritor colombiano Juan Gabriel Vásquez foi o vencedor do prémio literário Casino da Póvoa 2018, o principal galardão atribuído no Correntes d'Escritas, da Póvoa de Varzim, anunciou hoje a organização.

Encontrados corpos de pelo menos 30 vítimas da queda do avião no Irão

As equipas de resgate encontraram os corpos de pelo menos 30 dos 66 passageiros e tripulantes que seguiam no avião que caiu no domingo numa zona montanhosa do centro do Irão, revelaram as autoridades.

Encontrados destroços do avião que caiu domingo no Irão

As autoridades iranianas encontraram destroços do avião que caiu no domingo no sudeste do país, matando as 66 pessoas que seguiam a bordo, revelou um porta-voz da Guarda Revolucionária, o exército de elite do regime.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.