Jornal Diário Jornal das 13

Bolsa de Nova Iorque negoceia em alta depois de semana de volatilidade

| Economia
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 12 fev (Lusa) -- A bolsa em Nova Iorque está hoje a negociar positiva, movimento já sentido na última sessão da semana passada em que se registou uma forte volatilidade e o pior ciclo semanal em dois anos.

Pelas 14:48 (hora de Lisboa), o índice Dow Jones industrial subia 1,37% para 24.522,28 pontos, enquanto o Standard & Poor's recuperava 0,98% para 2.645,23 pontos.

No mesmo sentido seguia o tecnológico Nasdaq, ao avançar 1,51% para 6.511,04 pontos.

Na semana passada, os mercados bolsistas estiveram sujeitos a uma forte volatilidade provocada pelas expectativas sobre a subida da inflação e dos salários, o que levaria a que os bancos centrais tivessem de aumentar mais rapidamente do que o esperado as suas taxas de juro.

Os investidores vão estar agora atentos à divulgação da inflação, indicador que poderá sinalizar uma política monetária mais agressiva por parte da Reserva Federal norte-americana.

A pressão sobre o mercado acionista pode também ser aferida pelo aumento do rendimento das Obrigações do Tesouro dos Estados Unidos nos prazos mais longos, segundo os analistas, que aguardam por mais pormenores sobre a política de investimentos e de despesa orçamental do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

"A volatilidade do mercado bolsista a curto prazo pode desfocar a lente da objetiva, mas os fundamentos neste período ainda são de apoio", disse à Bloomberg TV, Terry Simpson, um especialista em estratégia em ativos da BlockRock Inc.

"É [por isso] uma oportunidade de compra", salientou.

JS // MSF

Lusa/Fim

+ notícias: Economia

Não param de aumentar os registos de alojamento local

Tem aumentado exponencialmente o número de registos de alojamento local em Portugal. Os proprietários estão a aproveitar enquanto a nova lei não entra em vigor. Com as novas regras, as autarquias passam a ter mais poderes e podem inclusive criar zonas nas cidades sem este tipo de alojamento.

Menos turistas estrangeiros reduzem dormidas nos hotéis em 2,9% em junho

As dormidas na hotelaria diminuíram 2,9% em junho em termos homólogos, devido sobretudo aos turistas estrangeiros que pernoitaram menos 5,1% nos hotéis portugueses nesse mês, divulgou hoje o Instituto Nacional de Estatística (INE).

Portugal ascende ao 2º lugar dos países que mais fundos recebem de Bruxelas

Portugal recebeu, em três anos, 5,7 mil milhões de euros da Comissão Europeia, ascendendo ao segundo lugar entre os Estados-membros que mais fundos comunitários receberam até junho, segundo dados revelados por Bruxelas.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.