Info

Jerónimo de Sousa "surpreendido" por UGT querer avançar com greves

| Política
Porto Canal com Lusa

Cadaval, Lisboa, 11 fev (Lusa)- O secretário-geral do PCP mostrou-se hoje no Cadaval "surpreendido" com a disponibilidade da UGT em participar em greves se não houver aumentos salariais da Função Pública, admitindo que estes são necessários.

"Fico surpreendido com essa disponibilidade revolucionária em participar numa greve", afirmou Jerónimo de Sousa.

O líder dos comunistas admitiu que "os trabalhadores da administração pública estão há oito ou nove anos sem receber qualquer aumento salarial" e "o descongelamento das carreiras não invalida que não precisem de uma resposta tal como os trabalhadores do setor privado".

FYC // JPF

Lusa/Fim

+ notícias: Política

Tancos: Ministério da Defesa investiga procedimento da PJ Militar

O Ministério da Defesa determinou a 04 de outubro a realização de uma “auditoria extraordinária aos procedimentos internos” da Polícia Judiciária Militar (PJM), na sequência da recuperação do material militar roubado dos paióis de Tancos no ano passado.

Câmara de Vila Real lança segunda-feira campanha sobre perigo na A24

A Câmara de Vila Real disse que vai colocar painéis nas entradas da Autoestrada 24 (A24) para alertar os automobilistas para os “perigos e falhas” da via, uma iniciativa apoiada pela Comunidade Intermunicipal do Douro (CIM Douro).

Tancos: Presidente da República garante desconhecer factos sobre reaparecimento das armas

O Presidente da República garantiu este sábado à Agência Lusa desconhecer os factos na base do desaparecimento e reaparecimento das armas de Tancos, recordando que tem insistido na exigência do esclarecimento de "toda a verdade, doa a quem doer".

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.