Jornal Diário Jornal das 13

Confederação de Reformados, Pensionistas e Idosos aprova moção contra fecho de estações dos CTT

Confederação de Reformados, Pensionistas e Idosos aprova moção contra fecho de estações dos CTT
| País
Porto Canal com Lusa

A Confederação Nacional de Reformados, Pensionistas e Idosos (MURPI) aprovou uma moção contra o encerramento de estações dos correios e a exigir ao Governo a “revogação imediata” da privatização do CTT.

Na moção, divulgada hoje, o MURPI manifesta a sua solidariedade aos reformados e populações afetados pelo encerramento das estações de correios, bem como aos trabalhadores dos CTT, exigindo “respeito pelos seus direitos”.

Reivindica ainda ao Governo “a tomada de medidas que garantam o serviço postal universal a toda a população e, nomeadamente, proceda à revogação imediata da privatização do CTT e retome o controlo público da empresa”.

No documento, aprovado no seminário “Envelhecer com direitos, Políticas Sociais e de Saúde, que decorreu em Almada”, os reformados lembram que muitos idosos recebem a sua pensão por vale de correio.

“Ao longo destes anos os CTT aumentaram as tarifas do correio normal em 47% e foram degradando a prestação do serviço ao atrasar a entrega do correio, aumentando os tempos de espera nas estações, adiando o pagamento dos vales de correio com as pensões aos reformados”, sublinham.

O que “tem acontecido” é que “tem havido muitos atrasos” no pagamento das pensões por parte dos CTT”, porque “na maior parte do país a distribuição deixou de ser diária, sendo, inclusive em zonas densamente povoadas, apenas semanal”.

A situação é agora agravada com o fecho das estações que “vão obrigar os reformados a maiores deslocações para receberem a sua pensão”.

“Perante este cenário e as medidas anunciadas e algumas já concretizadas não se encontra outra solução que não seja o resgate da concessão e a nacionalização dos CTT por forma a retomarem a sua função principal que é a prestação do serviço postal universal”, defendem na moção.

Lembram ainda as manifestações de protesto que têm decorrido em diversos pontos do país, nomeadamente nos locais afetados pelos encerramentos de estações.

A Administração do CTT anunciou o encerramento de 22 estações de correio e dessas já concretizou o fecho de oito estações “sem qualquer aviso prévio”, afirma o MURPI, sublinhando que “estes encerramentos acrescem aos cerca de 564 estações e postos dos CTT que foram encerrados desde 2009”.

+ notícias: País

Greve do enfermeiros com adesão nacional entre 75% e 80%

A adesão à greve dos enfermeiros situa-se, hoje de manhã, entre os 75% e os 80%, segundo o Sindicato dos Enfermeiros Portugueses, que admite aumentar os números depois de apurados os dados de algumas grandes instituições.

Associações que representam os taxistas vão ser recebidas na segunda-feira na Presidência da República

As associações que representam os taxistas, que estão pelo segundo dia consecutivo em protesto contra a entrada em vigor da lei das plataformas eletrónicas, vão ser recebidas na segunda-feira no Palácio de Belém, disse hoje fonte da Presidência.

Investigadores em Portugal fazem descoberta sobre mecanismos de defesa do parasita da malária

Uma equipa de investigadores em Portugal descobriu que o parasita malária e a bactéria 'E.coli' evitam a sua destruição através da modulação de proteínas recetoras da célula hospedeira.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS

Olá Maria!

Trend(i) - diferentes tipos de bolsas...

N'Agenda

Exposição 'Amor com amor...