Info

Liga mantém interdição de bancada do estádio António Coimbra da Mota

| Desporto
Porto Canal com Lusa

A Liga portuguesa de futebol profissional anunciou esta sexta-feira que a bancada norte do Estádio António Coimbra da Mota "permanecerá interditada até ao final das obras" recomendadas pelo Laboratório Nacional de Engenharia Civil (LNEC).

Atualizado 20-01-2018 11:25

"Por determinação da Liga Portugal, a bancada permanecerá interditada até ao final das obras aconselhadas pelo LNEC", pode ler-se em comunicado hoje divulgado pela Liga.

O encontro disputado na segunda-feira entre o Estoril Praia e o FC Porto, da 18.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, foi interrompido ao intervalo devido a problemas de segurança numa das bancadas do Estádio António Coimbra da Mota, que motivaram a sua evacuação e obrigaram centenas de adeptos dos 'azuis e brancos' a descer para o relvado.

No parecer preliminar redigido pelo LNEC, este organismo considera que a segurança da bancada do Estádio António Coimbra da Mota não foi comprometida, apesar das fissuras que levaram à interrupção da partida, mas recomendando melhorias, entre as quais a "demolição da laje térrea e a elaboração de um projeto de reabilitação dessa zona".

A Liga considerou ainda que, no que se refere à atuação das forças de segurança, "foram acautelados os interesses superiores do público presente no Estádio", sublinhando que "em caso de dúvida, a segurança das pessoas é prioritária".

A segunda parte do encontro entre o Estoril Praia e o FC Porto, da 18.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, vai disputar-se em 21 de fevereiro. O Estoril vence ao intervalo por 1-0.

+ notícias: Desporto

FC Porto reforça que não houve "contrapartidas" pelos e-mails divulgados

O FC Porto reforçou esta quinta-feira, em comunicado, que não houve "contrapartida financeira ou outra" pelos e-mails que divulgou no Porto Canal, os quais diz que entregou à Polícia Judiciária "em simultâneo com o processo de denúncia pública".

Armindo Araújo e Bruno Magalhães vão partilhar o projeto Hyundai no campeonato nacional de ralis

Armindo Araújo e Bruno Magalhães vão partilhar o projeto Hyundai no campeonato nacional de ralis. Armindo Araújo é campeão em título, mas Bruno Magalhães também quer ganhar.

Elisabete Jacinto vence pela primeira vez o África Eco Race

A piloto portuguesa Elisabete Jacinto, em MAN, venceu pela primeira vez a prova de todo-o-terreno África Eco Race, ao terminar na segunda posição nos camiões a 11.ª etapa da competição, que decorreu na Mauritânia.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.