Jornal Diário Jornal das 13 Último Jornal

Homem matou a mulher e tentou suicidar-se em Sever do Vouga

| País
Porto Canal com Lusa

Um homem de 69 anos matou a mulher de 66 anos e tentou cometer suicídio, esta terça-feira de manhã, na residência do casal, em Silva Escura, Sever do Vouga, disse à Lusa fonte da GNR.

Segundo a GNR, o autor do crime esfaqueou mortalmente a mulher e depois tentou suicidar-se, ingerindo uma substância desconhecida.

Em declarações à Lusa, fonte dos Bombeiros disse que os corpos foram encontrados nuns anexos para animais.

"Quando chegámos ao local, a mulher estava em paragem cardiorrespiratória, tendo sido efetuadas manobras de reanimação sem sucesso", disse a mesma fonte.

O óbito foi declarado no local pelo médico do Instituto Nacional de Emergência Médica.

O homem, que foi encontrado numa divisão à parte, foi transportado em coma para o Hospital de Aveiro e o seu estado de saúde é "grave".

A GNR tomou conta da ocorrência e passou o caso à Polícia Judiciária.

No local, estão os Bombeiros de Sever do Vouga para proceder ao levantamento do corpo da mulher que será depois transportado para o Gabinete Médico-Legal de Aveiro.

O alerta chegou aos bombeiros às 11h00.

+ notícias: País

Ferroviários marcam mais dois dias de greve para 12 e 13 de junho

Os trabalhadores ferroviários da CP, Medway e Takargo marcaram mais uma greve, para 12 e 13 de junho, contra a possibilidade de circulação de comboios com um único agente, foi hoje divulgado por um dos sindicatos subscritores do pré-aviso.

Comissão de Proteção de Dados avisa que nova lei cria perigo de 'phising'

O novo regulamento de proteção de dados entra esta sexta-feira em vigor. Nos últimos dias, as caixas de correio foram invadidas por milhares de emails a pedir autorização para aceder aos seus dados, mas é preciso ter cuidado uma vez que a Comissão de Dados alerta para o perigo de 'phishing'.

Marinha resgata quase 300 migrantes de embarcações que seguiam para Lampedusa, Itália

Quase 300 migrantes, entre os quais três bebés, foram resgatados pela Marinha Portuguesa na quinta-feira, quando seguiam em direção à ilha de Lampedusa, Itália, em três embarcações sobrelotadas e sem coletes salva-vidas, foi esta sexta-feira anunciado.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.