Info

Homem matou a mulher e tentou suicidar-se em Sever do Vouga

| País
Porto Canal com Lusa

Um homem de 69 anos matou a mulher de 66 anos e tentou cometer suicídio, esta terça-feira de manhã, na residência do casal, em Silva Escura, Sever do Vouga, disse à Lusa fonte da GNR.

Segundo a GNR, o autor do crime esfaqueou mortalmente a mulher e depois tentou suicidar-se, ingerindo uma substância desconhecida.

Em declarações à Lusa, fonte dos Bombeiros disse que os corpos foram encontrados nuns anexos para animais.

"Quando chegámos ao local, a mulher estava em paragem cardiorrespiratória, tendo sido efetuadas manobras de reanimação sem sucesso", disse a mesma fonte.

O óbito foi declarado no local pelo médico do Instituto Nacional de Emergência Médica.

O homem, que foi encontrado numa divisão à parte, foi transportado em coma para o Hospital de Aveiro e o seu estado de saúde é "grave".

A GNR tomou conta da ocorrência e passou o caso à Polícia Judiciária.

No local, estão os Bombeiros de Sever do Vouga para proceder ao levantamento do corpo da mulher que será depois transportado para o Gabinete Médico-Legal de Aveiro.

O alerta chegou aos bombeiros às 11h00.

+ notícias: País

Enfermeiros suspendem greve nos blocos operatórios até novas negociações a 30 de janeiro

A greve dos enfermeiros em blocos operatórios vai manter-se suspensa até 30 de janeiro, dia em que haverá nova uma reunião negocial entre os sindicatos e o Governo.

Cancro digestivo mata um português por hora

O cancro digestivo mata uma pessoa por hora em Portugal, uma doença que tem vindo a aumentar nos últimos anos, representando um “grave problema” de saúde pública, alertou hoje a Sociedade Portuguesa de Gastroenterologia (SPG).

'Bodyboarder' aparece são e salvo, autoridades recolhem dados para entregar ao MP

O praticante de 'bodyboard' que estava dado como desaparecido há 10 dias na Costa da Caparica apareceu e está junto da família, disse esta quarta-feira à Lusa fonte da Autoridade Marítima Nacional.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.