Jornal Diário Jornal das 13 Último Jornal

Rui Rio diz que atual Governo vai ter oposição firme, mas não populista

Rui Rio diz que atual Governo vai ter oposição firme, mas não populista
| Política
Porto Canal com Lusa

Rui Rio afirmou este sábado que seguirá o legado deixado por Francisco Sá Carneiro e avisou que o atual Governo terá com a nova liderança do PSD uma "oposição firme e atenta", mas "não demagógica ou populista"

No seu discurso de vitória nas eleições diretas para a liderança social-democrata, em que elogiou o ainda presidente Pedro Passos Coelho, Rui Rio disse que sempre se guiou pelos ideais do fundador do PSD, Sá Carneiro, e que é essa "a bússola" que vai "continuar a seguir como meta".

O partido, disse, "não foi fundado para ser um clube de amigos ou uma agremiação de interesses ou de grupos".

Segundo Rui Rio, o PSD apresentar-se-á depois do congresso do partido, em fevereiro, como "alternativa de governo à atual frente de esquerda que se formou".

"Alternativa capaz de dar a Portugal uma governação mais firme e corajosa, capaz de enfrentar grandes problemas estruturais", bem como capaz de "restituir a vontade, a alma e a esperança", vincou.

O ex-presidente da Câmara do Porto agradeceu a todos os militantes que votaram em si, a quem esteve a seu lado nestes três meses e ao seu adversário nas diretas, Pedro Santana Lopes, que "com generosidade e empenho se apresentou a estas eleições, permitindo assim um confronto de ideias que não só valorizam esta vitória como enriquecem os objetivos comuns".

+ notícias: Política

Salvador Malheiro não está preocupado com a polémica da 'carrinha' no dia das eleições do PSD

Salvador Malheiro diz que não está preocupado com o facto de alguns militantes social-democratas terem sido transportados para as urnas por uma carrinha de uma associação local. O caso foi denunciado pelo jornal online Observador, após as eleições diretas do partido. O diretor nacional de campanha de Rui Rio desvaloriza a acusação de caciquismo em Ovar.

Governo e sindicatos da Função Pública discutem esta terça-feira acordo negocial para 2018

Governo e sindicatos da Administração Pública têm esta terça-feira a primeira reunião do ano e vão discutir um acordo para a negociação coletiva, um diploma sobre segurança no trabalho e o processo de descongelamento de carreiras.

Segurança Social prestou 7.400 atendimentos e atribuiu 4ME em apoios às vítimas dos incêndios

A Segurança Social prestou, entre 15 de outubro e 31 de dezembro, quase 7.400 atendimentos às vítimas dos incêndios da região Centro e atribuiu 63 mil euros em apoios imediatos e 3,9 milhões de euros a seis mil agricultores.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS