Jornal Diário Jornal das 13 Último Jornal

PS marca por unanimidade Congresso Nacional para a Batalha entre 25 e 27 de maio

| Política
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 13 jan (Lusa) - A Comissão Nacional do PS aprovou hoje, por unanimidade, a proposta para que o congresso deste partido se realize na Batalha, distrito de Leiria, entre 25 e 27 de maio, disse à agência Lusa fonte oficial socialista.

Tal como estava previsto, as eleições diretas para o cargo de secretário-geral do PS, as terceiras às quais António Costa vai concorrer, vão decorrer entre os dias 11 e 12 de maio.

Inicialmente, a Comissão Permanente do PS apontou Matosinhos para local do Congresso Nacional, mas, segundo fonte socialista, o secretário-geral, António Costa, pretendeu transmitir "um sinal de maior descentralização" quanto às prioridades do seu partido.

Face às propostas existentes para local do congresso, o Secretariado Nacional do PS acabou por optar pelo município da Batalha.

"A reforma da descentralização é uma das principais prioridades políticas do Governo e do Grupo Parlamentar do PS em 2018", justificou à agência Lusa um membro da direção deste partido.

A Comissão Nacional do PS confirmou também a proposta feita pela Comissão Permanente dos socialistas para que o ex-secretário de Estado da Indústria João Vasconcelos seja o presidente da Comissão Organizadora do Congresso (COC).

A equipa proposta para a COC, de resto, foi igualmente aprovada por unanimidade, com a minoria liderada pelo dirigente socialista Daniel Adrião a conseguir incluir já um dos seus elementos nesse elenco.

PMF // CSJ

Lusa/fim

+ notícias: Política

CTT mantêm serviços em 14 localidades onde vão encerrar instalações

Os CTT pretendem avançar com 14 novos pontos de acesso em localidades onde irão encerrar instalações, cuja abertura ainda está a ser negociada com autarquias e entidades comerciais, informou hoje a empresa.

Vieira da Silva diz que "Governo não empurrou a Santa Casa para coisa nenhuma"

O ministro do Trabalho e Solidariedade disse esta quarta-feira que "o Governo não empurrou a Santa Casa para coisa nenhuma" e que o que houve foi uma "sugestão", tendo acrescentando que não há um valor definido para o eventual investimento no Montepio.

Salvador Malheiro não está preocupado com a polémica da 'carrinha' no dia das eleições do PSD

Salvador Malheiro diz que não está preocupado com o facto de alguns militantes social-democratas terem sido transportados para as urnas por uma carrinha de uma associação local. O caso foi denunciado pelo jornal online Observador, após as eleições diretas do partido. O diretor nacional de campanha de Rui Rio desvaloriza a acusação de caciquismo em Ovar.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.