Jornal Diário Jornal das 13 Último Jornal

Santa Maria garante que urgência de ginecologia não fechará nenhum dia

| País
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 13 jan (Lusa) -- O hospital Santa Maria, Lisboa, garantiu hoje que a urgência de ginecologia e obstetrícia não irá fechar nenhum dia por semana, apesar de assumir que chegou a ser "um dos muitos cenários de trabalho" equacionados em reunião dos serviços.

"A urgência de ginecologia e obstetrícia não vai fechar. O conselho de administração não teve nem tem essa decisão em cima da mesa. Seria de todo impensável que essa situação ocorresse num hospital universitário e num hospital como é o Santa Maria", afirmou hoje à agência Lusa o presidente do Centro Hospitalar Lisboa Norte, Carlos Martins.

Hoje o Diário de Notícias refere que "o diretor do departamento de ginecologia e obstetrícia do hospital Santa Maria, em Lisboa, quer fechar a urgência da especialidade dois dias por semana já a partir de fevereiro". Em causa está a carência de enfermeiros especialistas.

O presidente do conselho de administração, Carlos Martins, reconheceu à Lusa que esse foi "um dos muitos cenários discutidos" em reunião de médicos, mas sublinhou que a administração nunca teve essa decisão em cima da mesa.

O administrador admite que o Centro Hospitalar tem tido a preocupação de tentar encontrar soluções para a carência de enfermeiros especialistas em saúde materna e obstétrica, ou através da contratação ou reorganizando os serviços.

"Houve e há preocupações quando olhamos para o número de enfermeiros saídos e para as previsões de saídas", indicou à Lusa, adiantando que só para o setor privado foram seis enfermeiros especialistas do Santa Maria.

Segundo Carlos Martins, estas preocupações originam discussões de trabalho e elaboração de cenários diversos para reorganizar os serviços.

De acordo com o Diário de Notícias de hoje, "a intenção" -- agora afastada pelo administrador do hospital -- foi comunicada aos médicos do serviço de ginecologia numa reunião na quinta-feira.

ARP // JPF

Lusa/fim

+ notícias: País

Sindicato entrega petição a presidente da Assembleia da República contra encerramentos dos CTT

O Sindicato Nacional dos Trabalhadores de Correios e Telecomunicações (SNTC) entrega esta quarta-feira uma petição, com 8.600 assinaturas, ao presidente da Assembleia da República contra o encerramento de 22 estações, no âmbito de um plano de reestruturação da empresa.

Quercus alerta para "potencial cancerígeno" no material que está a substituir amianto nas escolas

O material que está a substituir o amianto nas escolas é "pontencialmente cancerígeno" e inflamavel. O alerta é da Associação Ambientalista Quercus.

Número de mortos na sequência de incêndio em Tondela sobe para nove

Um homem morreu hoje no Hospital de São João, Porto, na sequência do incêndio de sábado em Vila Nova da Rainha, Tondela, elevando para nove o número de vítimas mortais do sinistro, disse fonte hospitalar.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.