Jornal Diário Jornal das 13 Último Jornal

ARS afirma que hospitais do Norte mostraram "boa capacidade de resposta"

| País
Porto Canal com Lusa

Guimarães, Braga, 12 jan (Lusa) - O presidente da Administração Regional de Saúde do Norte (ARS-N) afirmou hoje que os serviços de urgência de Centros de Saúde e hospitais daquela área mostraram "boa capacidade de resposta" ao aumento da afluência àqueles serviços.

Em declarações à Lusa, à margem de uma visita ao Hospital Nossa Senhora da Oliveira, em Guimarães, Pimenta Marinho apontou que os serviços "foram capazes" de responder ao aumento da procura registada "essencialmente nos dias depois do Natal e do Ano novo", através do "alargamento de horários e reforço de equipas".

"O que verificámos das visitas a vários hospitais da zona Norte nos últimos dias foi que os serviços mostraram boa capacidade de resposta quer em Centros de Saúde quer em hospitais, foram capazes de responder dentro dos tempos limites de espera", apontou aquele responsável.

Segundo Pimenta Marinho, "o movimento nos serviços de urgência tem vindo a diminuir", recusando o cenário de caos denunciado por alguns setores de profissionais de saúde.

"Provavelmente [quem denunciou o caos nos serviços de urgência] é porque não foi aos locais. Nunca houve doentes escondidos e se forem aos locais, falarem com os profissionais, dá para verificar que não é como se disse", referiu.

O presidente do Conselho de Administração da ARS-N destacou ainda que "este ano foi visível que muito doentes recorreram primeiro aos Centros de Saúde ou à linha Saude24" pelo que "se verificaram menos pulseiras azuis e verdes [casos menos graves segundo a triagem de Manchester]".

Para Pimenta Marinho a diminuição de casos menos urgentes nos serviços de urgência hospitalar é resultado da "confiança" na saúde familiar e da "boa coberturas de médicos de família que existe a Norte".

Sobre o Hospital de Guimarães, uma das unidades hospitalares referenciada por "estado de caos" nas urgências, o responsável da ARS-N anuiu num aumento da procura mas referiu o "empenho, esforço e dedicação" dos profissionais nos cuidados aos doentes.

"Este hospital vai ainda ser alvo de uma grande obra de reabilitação, o que vai certamente permitir melhorar a qualidade de resposta e as condições de atendimento ao utente", lembrou.

JYCR // MSP

Lusa/Fim

+ notícias: País

Sindicato entrega petição a presidente da Assembleia da República contra encerramentos dos CTT

O Sindicato Nacional dos Trabalhadores de Correios e Telecomunicações (SNTC) entrega esta quarta-feira uma petição, com 8.600 assinaturas, ao presidente da Assembleia da República contra o encerramento de 22 estações, no âmbito de um plano de reestruturação da empresa.

Quercus alerta para "potencial cancerígeno" no material que está a substituir amianto nas escolas

O material que está a substituir o amianto nas escolas é "pontencialmente cancerígeno" e inflamavel. O alerta é da Associação Ambientalista Quercus.

Número de mortos na sequência de incêndio em Tondela sobe para nove

Um homem morreu hoje no Hospital de São João, Porto, na sequência do incêndio de sábado em Vila Nova da Rainha, Tondela, elevando para nove o número de vítimas mortais do sinistro, disse fonte hospitalar.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS