Info

Inflação fica em 2,1% em 2017 nos EUA

| Economia
Porto Canal com Lusa

Washington, 12 jan (Lusa) - O Índice de Preços no Consumidor (IPC) dos Estados Unidos subiu 0,1% em dezembro e deixou a inflação em 2017 em 2,1%, informou hoje o Departamento do Trabalho.

O número coincide com as previsões dos analistas e situa a inflação próximo da meta anual de 2% definida pela Reserva Federal.

Os principais aumentos de preços em dezembro ocorreram nos setores da habitação, mais 0,4%, e na alimentação, enquanto a energia desceu.

Sem ter em conta os preços da alimentação e da energia, que são os mais voláteis, a inflação subjacente em dezembro subiu 0,3%, o maior aumento em 11 meses.

Esta evolução da inflação é favorável à continuação da subida gradual das taxas de juro por parte do banco central norte-americano, estando previstas para 2018 três novas subidas.

EO // ATR

Lusa/fim

+ notícias: Economia

Laboratórios colaborativos querem criar dezenas de empregos qualificados

21 laboratórios colaborativos prometem criar 750 novos postos de trabalho pelo país. O presidente da Fundação para a Ciência e Tecnologia afirma que o objetivo é dar empregos qualificados.

Pão pode aumentar em 2019 em função de subida do salário mínimo e da matéria-prima

O preço do pão poderá subir em 2019, acompanhando o aumento do salário mínimo e do valor da matéria-prima, disse à Lusa o presidente da Associação dos Industriais da Panificação, Pastelaria e Similares do Norte.

Poder de compra em Portugal desce para 76,6% da média da União Europeia em 2017

O poder de compra em Portugal fixou-se em 76,6% da média da União Europeia em 2017, abaixo do ano anterior (77,2%), ocupando o 16º. lugar entre os países da zona euro, divulgou hoje o INE.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.