Jornal Diário Jornal das 13

Casa da Música abre hoje Ano Áustria com início da integral das Sinfonias de Bruckner

| Norte
Porto Canal com Lusa

Porto, 12 jan (Lusa) -- A Casa da Música, no Porto, abre hoje o Ano Áustria, com a Sinfonia n.º 7, de Bruckner, interpretada pela Orquestra Sinfónica do Porto, sob a direção de Michael Sanderling.

A Casa da Música dedica o ano de 2018 à Áustria, país que já tinha sido tema em 2010, programando as integrais das sinfonias de Anton Bruckner e dos concertos para violino de Mozart.

De acordo com a programação, o compositor em residência vai ser o austríaco Georg Friederich Haas, "um dos artistas europeus mais conceituados da atualidade", que verá a sua obra ser alvo de uma retrospetiva no Porto, a partir deste mês.

Os artistas em associação, por seu lado, vão ser o cravista alemão Andreas Staier e o violinista austríaco Benjamin Schmid, enquanto Gonçalo Gato se torna no jovem compositor em residência.

Em declarações à agência Lusa, o diretor artístico da Casa da Música, António Jorge Pacheco, quando da apresentação da programação, em novembro, sublinhou que o facto de se voltar à Áustria como país-tema -- o que acontece pela primeira na história da instituição -- prende-se com o "programa quase inesgotável" dos compositores daquele país.

"O 'ano Áustria' é um verdadeiro festim para os quatro agrupamentos residentes, com repertório genial, interminável", disse António Jorge Pacheco, que destacou como um dos grandes concertos de 2018 o que vai ter lugar no dia 24 de fevereiro, quando a Orquestra Sinfónica do Porto, com o Coro Casa da Música, interpretar o ciclo de canções "Gurrelieder", de Arnold Schoenberg, peça raras vezes tocada, em estreia no Porto.

O ciclo de abertura do ano Áustria decorre até ao próximo dia 21 de e inclui ainda o "Te Deum", de Bruckner, no dia 19, e a obra "In Vain", de Haas, pelo Remix Ensemble, no dia seguinte, em relação à qual o New York Times escreveu, em 2011, ser uma peça com "ondas de sons lindos e opulentamente estranhos, que parecem o resultado de forças sobrenaturais".

O concerto de abertura, hoje à noite, conta com a presença do ministro da Cultura, Luís Filipe de Castro Mendes.

TDI/MAG // MAG

Lusa/fim

+ notícias: Norte

Hospital de São João quer aproveitar projeto antigo para novo Centro Pediátrico

O Centro Hospitalar de São João, no Porto, está a "auscultar os serviços jurídicos" sobre a possibilidade de poder aproveitar o projeto existente para a construção do novo Centro Pediátrico, anunciou hoje o presidente da administração daquele hospital.

Ministério Público está a investigar o caso dos dois doentes em isolamento numa instituição em Bragança

O Ministério Público está a investigar o caso dos dois doentes que estão em isolamento há vários anos numa instituição em Bragança. O caso foi denunciado pelo Porto canal há dois meses. Depois disso, quase nada foi feito apesar da própria instituição pedir mais formação para lidar com os doentes, as entidades responsáveis continuam a dizer que os utentes vivem em condições adequadas.

100 semáforos geridos pela Metro do Porto em Matosinhos não têm sinal sonoro

Há 100 semáforos geridos pela Metro do Porto no concelho de Matosinhos que não têm avisos sonoros. A funcionalidade vai começar a ser instalada, uma vez que os sinais sonoros são indispensáveis para os invisuais.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.