Info

Anacom estabelece novos indicadores de qualidade com "metas mais exigentes" para CTT

| Economia
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 11 jan (Lusa) -- A Autoridade Nacional de Comunicações (Anacom) divulgou hoje 24 novos indicadores de serviço dos CTT - Correios de Portugal até 2020, visando garantir um "maior nível de qualidade do serviço postal universal" através de "metas mais exigentes".

Em comunicado, a Anacom informa que "os CTT irão estar obrigados ao cumprimento de um conjunto de 24 indicadores de qualidade de serviço, que comparam com os 11 indicadores anteriores", tendo sido "fixadas metas mais exigentes".

Segundo o regulador, "para além de um padrão de qualidade de cada serviço em termos da respetiva velocidade de entrega, foi estabelecido uma meta de fiabilidade que deverá ser cumprida em 99,9% dos casos, com a qual se pretende evitar que o tráfego remanescente seja entregue muito para além do padrão definido".

Ao mesmo tempo, "passa a ser obrigatório o cumprimento do valor do objetivo fixado para cada indicador", enquanto anteriormente se considerava um limiar abaixo do qual era aplicada uma penalização, adianta a Anacom.

ANE // MSF

Lusa/Fim

+ notícias: Economia

Portugal importou mais de 300 mil toneladas de peixe este ano e exportou 153 mil toneladas

Portugal já importou mais de 300 mil toneladas de peixe este ano, o equivalente a 1.295.160 euros, maioritariamente oriundo de Espanha, Suécia, Países Baixos e China, segundo os dados compilados pelo Observatório do Mercado Europeu da Pesca e da Aquicultura.

Novas regras para alojamento local entram em vigor no domingo

O diploma que permite às câmaras municipais e às assembleias de condóminos intervirem na autorização do alojamento local entra em vigor no domingo, permitindo a fixação de “áreas de contenção” para “preservar a realidade social dos bairros e lugares”.

Vistos Gold: Investimento cai 5% em setembro para 37 milhões de euros

O investimento resultante da atribuição de vistos 'gold' caiu 5% em setembro, em termos homólogos, para 37 milhões de euros, e 19% face a agosto, de acordo com os dados estatísticos do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF).

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS