Jornal Diário Jornal das 13

Póvoa de Varzim vai construir cinco quilómetros de ciclovias na cidade

| Norte
Porto Canal com Lusa

Póvoa de Varzim, Porto, 10 jan (Lusa) - A Câmara Municipal da Póvoa de Varzim vai avançar com a construção de mais de cinco quilómetros de ciclovias na cidade e recuperar a ligação ciclável para o concelho vizinho de Famalicão.

O anúncio foi feito hoje pelo presidente da Câmara Municipal da Póvoa, Aires Pereira, que apontou estes projetos como parte integrante de uma candidatura global do município a fundos comunitários, no âmbito do Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano [PEDU], num valor total de 11,4 milhões de euros.

O autarca pretende que estas ciclovias na cidade sejam uma realidade até 2020, considerando que, depois da execução das mesmas, "a Póvoa de Varzim ficará praticamente coberta em termos de vias de circulação para bicicletas".

"Haverá três eixos a merecerem intervenção: a criação de uma ciclovia, paralela à via B, que atravessará toda a cidade; uma outra de interligação entre o Parque da Cidade e a zona da marginal; e uma de ligação entre a zona das escolas e o cento da cidade e a estação de metro", apontou o autarca.

Além destas intervenções na localidade, Aires Pereira apontou ainda o investimento de 2,5 milhões de euros na recuperação da ciclovia que liga Póvoa de Varzim e Famalicão, atualmente instalada no traçado da antiga linha ferroviária que ligava os dois concelhos.

"Vamos proceder a uma significativa remodelação, nomeadamente no piso e na sinalética, sendo feito em parceria de compatibilização com a autarquia de Famalicão, para que toda via fique uniforme", apontou o presidente da câmara municipal.

Além da construção das ciclovias, Aires Pereira destacou, ainda, outros projetos que vão avançar com as verbas do PEDU, nomeadamente a nova central de camionagem da cidade

"Será uma peça fundamental no âmbito do estudo de mobilidade urbana que a câmara está a fazer, em conjunto com Vila do Conde", apontou.

O autarca enalteceu, também, reabilitações dos edifícios para a proteção civil, no antigo quartel, e outro para o mecenato cultural, na zona do museu, assim como a reabilitação do conjunto habitacional do bairro social de Barreiros.

JPYG // LIL

Lusa/Fim

+ notícias: Norte

Hospital de São João quer aproveitar projeto antigo para novo Centro Pediátrico

O Centro Hospitalar de São João, no Porto, está a "auscultar os serviços jurídicos" sobre a possibilidade de poder aproveitar o projeto existente para a construção do novo Centro Pediátrico, anunciou hoje o presidente da administração daquele hospital.

Ministério Público está a investigar o caso dos dois doentes em isolamento numa instituição em Bragança

O Ministério Público está a investigar o caso dos dois doentes que estão em isolamento há vários anos numa instituição em Bragança. O caso foi denunciado pelo Porto canal há dois meses. Depois disso, quase nada foi feito apesar da própria instituição pedir mais formação para lidar com os doentes, as entidades responsáveis continuam a dizer que os utentes vivem em condições adequadas.

100 semáforos geridos pela Metro do Porto em Matosinhos não têm sinal sonoro

Há 100 semáforos geridos pela Metro do Porto no concelho de Matosinhos que não têm avisos sonoros. A funcionalidade vai começar a ser instalada, uma vez que os sinais sonoros são indispensáveis para os invisuais.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.