Jornal Diário Jornal das 13

Arquiteto Nuno Brandão Costa lança monografia "Porosis" no Porto

| Norte
Porto Canal com Lusa

Porto, 09 jan (Lusa) - O arquiteto Nuno Brandão Costa, da equipa que irá representar Portugal na Bienal de Arquitetura de Veneza, este ano, apresenta hoje a monografia "Porosis", sobre a sua obra, na Faculdade de Arquitetura da Universidade do Porto.

O livro, "Porosis/ The Architecture of Nuno Brandão Costa", publicado pela Monade, foi lançado na Bienal de Arquitetura de Chicago e propõe uma leitura sobre a obra do arquiteto do Porto.

Os projetos de Brandão Costa, nesta obra, são documentados pela fotografia de André Cepeda.

A sessão de apresentação da obra tem início marcado para as 18:30.

O projeto de Nuno Brandão Costa, desenvolvido em conjunto com o curador Sérgio Mah, foi escolhido pela Direção-Geral das Artes (DGArtes), em dezembro passado, para representar Portugal na Exposição Internacional de Arquitetura -- Bienal de Veneza, que abre em maio.

O júri que avaliou as sete equipas convidadas para participar no concurso organizado pela DGArtes deu à dupla de criadores a melhor classificação para preparar a representação, com um orçamento de cerca de 200 mil euros.

A 16.ª Bienal de Arquitetura de Veneza decorrerá de 26 de maio a 25 de novembro deste ano, com curadoria geral de Yvonne Farrell e Shelley McNamara, subordinada ao tema "Freespace".

Nuno Brandão Costa nasceu no Porto, em 1970, licenciou-se na Faculdade de Arquitetura da universidade daquela cidade (FAUP), em 1994, onde dá aulas desde 2001 e onde se doutorou em 2013.

O arquiteto fez parte das representações portuguesas na 8.ª Bienal de Veneza, em 2004, na Bienal de Arquitetura de São Paulo, em 2005, e na Trienal de Arquitetura de Milão, em 2004 e 2014.

Multipremiado ao longo da carreira, com galardões como o Secil (2008) e o Vale da Gândara (2011), foi recentemente escolhido para projetar o futuro Terminal Intermodal de Campanhã, no Porto.

A sua obra será apresentada pelo arquiteto Alexandre Alves Costa, com a presença de Nuno Brandão Costa, André Cepeda, José Miguel Rodrigues e dos editores Daniela Sá e João Carmo Simões.

AG (SS/TDI/MAG) // MAG

Lusa/Fim

+ notícias: Norte

Hospital de São João quer aproveitar projeto antigo para novo Centro Pediátrico

O Centro Hospitalar de São João, no Porto, está a "auscultar os serviços jurídicos" sobre a possibilidade de poder aproveitar o projeto existente para a construção do novo Centro Pediátrico, anunciou hoje o presidente da administração daquele hospital.

Ministério Público está a investigar o caso dos dois doentes em isolamento numa instituição em Bragança

O Ministério Público está a investigar o caso dos dois doentes que estão em isolamento há vários anos numa instituição em Bragança. O caso foi denunciado pelo Porto canal há dois meses. Depois disso, quase nada foi feito apesar da própria instituição pedir mais formação para lidar com os doentes, as entidades responsáveis continuam a dizer que os utentes vivem em condições adequadas.

100 semáforos geridos pela Metro do Porto em Matosinhos não têm sinal sonoro

Há 100 semáforos geridos pela Metro do Porto no concelho de Matosinhos que não têm avisos sonoros. A funcionalidade vai começar a ser instalada, uma vez que os sinais sonoros são indispensáveis para os invisuais.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.