Info

Árbitro sueco Jonas Eriksson dirige embate entre FC Porto e Mónaco

| Desporto
Porto Canal com Lusa

Nyon, Suíça, 04 dez (Lusa) -- O árbitro sueco Jonas Eriksson vai dirigir a receção do FC Porto aos franceses do Mónaco, na quarta-feira, para a sexta e última jornada do Grupo G da Liga dos Campeões de futebol, indicou hoje a UEFA.

Jonas Eriksson, de 43 anos, que arbitrou a meia-final do Euro2016 entre Portugal e o País de Gales (2-0), em França, depois de também ter estado no triunfo luso na Albânia (1-0), na qualificação para a prova continental, dirige pela terceira vez um jogo do FC Porto.

O sueco esteve no triunfo do FC Porto frente aos suíços do Basileia (4-0) e na derrota caseira com os ingleses do Chelsea (1-0), para as edições da Liga dos Campeões de 2014/15 e 2009/10, respetivamente.

O FC Porto entra para a derradeira jornada da fase de grupos na segunda posição, com os mesmos sete pontos dos alemães do Leipzig, que seguem no terceiro posto, e a quatro do líder Besiktas, de Ricardo Quaresma e Pepe. O Mónaco, do treinador luso Leonardo Jardim, é quarto, com dois pontos, e já está eliminado.

Na Liga Europa, a UEFA nomeou o árbitro alemão Daniel Siebent para a receção do Vitória de Guimarães ao Konyaspor, na quinta-feira, para o Grupo I, e o escocês John Beaton para a deslocação do Sporting de Braga a casa do Basaksehir, para o C.

Daniel Siebent, de 33 anos, vai dirigir pela primeira vez um encontro de um clube português, tal como John Beaton, de 35, embora ambos contem nos seus currículos com presenças em jogos da seleção portuguesa de sub-19.

À entrada para a última jornada da fase de grupos, o Sporting de Braga lidera o C, com 10 pontos, seguido do Ludogorets, com oito, a formação turca soma cinco e o Hoffenheim quatro.

O Vitória de Guimarães ocupa o quarto lugar do Grupo I, com quatro pontos, a sete do líder Salzburgo. O Marselha segue no segundo posto, com sete, e o Konyaspor no terceiro, com cinco.

APS // JP

Lusa/Fim

+ notícias: Desporto

André Villas-Boas: "voltou-se a encontrar o simbolismo e a relação do FC Porto com o seu treinador"

André Villas-Boas, antigo treinador do FC Porto, afirma que "voltou-se a encontrar o simbolismo e a relação do FC Porto com o seu treinador" uma vez que Sérgio Conceição demonstra paixão e "deixou de haver uma ambiente de ansiedade" à volta do clube.

Deco: "o FC Porto tem jogado com consistência e tem ganho com autoridade"

Deco, antigo jogador do FC Porto, afirma que o FC Porto é o mais forte candidato ao título de campeão nacional uma vez que o conseguiu no ano anterior e manteve a maior parte dos jogadores. Relativamente à prestação da equipa azul e branca na Liga dos Campeões defende que o FC Porto "tem jogado com consistência e tem ganho com autoridade".

"Maniche 18, as histórias (ainda) não contadas": o livro de uma vida dedicada ao futebol

No próximo sábado ocorre a apresentação do livro de Maniche, ex-futebolista português que se notabilizou no FC do Porto. "Maniche 18, as histórias (ainda) não contadas" é o título do livro que conta histórias da vida do jogador experienciadas ao longo da sua carreira.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.