Jornal das 13 Jornal Diário Último Jornal

Nove condenados a penas de prisão na China por explosão que matou 54 pessoas

| Mundo
Porto Canal com Lusa

Pequim, 11 nov (Lusa) -- Nove pessoas foram condenadas na sexta-feira a diferentes penas de prisão na China pela sua responsabilidade numa explosão, após um acidente de trânsito que matou 54 pessoas em 2014.

Em julho desse ano um camião de transporte de álcool que circulava numa autoestrada bateu na traseira de um autocarro de passageiros, causando uma enorme explosão que afetou cinco veículos e na qual morreram 54 pessoas, causando ainda seis feridos.

Um tribunal da cidade de Changsa, no centro da China, condenou nove funcionários de diferentes departamentos de supervisão técnica e polícias de trânsito a penas entre três e três anos e meio, por incumprimento das suas obrigações, informou a imprensa estatal chinesa.

ISG//ISG

Lusa/fim

+ notícias: Mundo

Atentado no nordeste da Nigéria faz pelo menos 50 mortos

MaidugPelo menos 50 pessoas morreram num atentado suicida numa mesquita no nordeste da Nigéria, disse o porta-voz da polícia do estado de Adamawa.

Morreu Charles Manson, um dos criminosos mais famosos dos Estados Unidos

Um dos criminosos mais famosos dos Estados Unidos Charles Manson, líder de uma seita que nos anos 1960 matou várias pessoas, morreu com 83 anos no domingo à noite, anunciaram responsáveis da administração penitenciária da Califórnia.

Zimbabué: Mugabe resigna cargo de Presidente - oficial

Harare, 21 nov (Lusa) - O Presidente do Zimbabué, Robert Mugabe, resignou hoje ao cargo "com efeito imediato", ao fim de 37 anos no poder, anunciou o presidente da câmara baixa do Parlamento.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

DESCUBRA MAIS