Jornal Diário Jornal das 13 Último Jornal

Nove condenados a penas de prisão na China por explosão que matou 54 pessoas

| Mundo
Porto Canal com Lusa

Pequim, 11 nov (Lusa) -- Nove pessoas foram condenadas na sexta-feira a diferentes penas de prisão na China pela sua responsabilidade numa explosão, após um acidente de trânsito que matou 54 pessoas em 2014.

Em julho desse ano um camião de transporte de álcool que circulava numa autoestrada bateu na traseira de um autocarro de passageiros, causando uma enorme explosão que afetou cinco veículos e na qual morreram 54 pessoas, causando ainda seis feridos.

Um tribunal da cidade de Changsa, no centro da China, condenou nove funcionários de diferentes departamentos de supervisão técnica e polícias de trânsito a penas entre três e três anos e meio, por incumprimento das suas obrigações, informou a imprensa estatal chinesa.

ISG//ISG

Lusa/fim

+ notícias: Mundo

Pelo menos 38 mortos em dois atentados na Somália

Pelo menos 38 pessoas foram mortas, na sexta-feira, em dois atentados com carros armadilhados que visavam o palácio presidencial e um hotel da capital da Somália, informaram este sábado os serviços de resgate e policiais somalis.

Trump diz que ideia de armar professores terá forte efeito dissuasor

O presidente dos Estados Unidos reiterou hoje, através do Twitter, a intenção de dar armas aos professores para prevenir tiroteios nas escolas, dizendo que a medida abrangeria docentes com "treino especial" e "solucionaria o problema instantaneamente".

Síria: Negociações na ONU sobre cessar-fogo humanitário continuam

Nações Unidas, 24 fev (Lusa) - As negociações na ONU sobre um possível cessar-fogo humanitário de um mês na Síria continuavam hoje à tarde, atrasando a votação da resolução no Conselho de Segurança que estava prevista para as 17:00, segundo fontes diplomáticas.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.