Info

Nove condenados a penas de prisão na China por explosão que matou 54 pessoas

| Mundo
Porto Canal com Lusa

Pequim, 11 nov (Lusa) -- Nove pessoas foram condenadas na sexta-feira a diferentes penas de prisão na China pela sua responsabilidade numa explosão, após um acidente de trânsito que matou 54 pessoas em 2014.

Em julho desse ano um camião de transporte de álcool que circulava numa autoestrada bateu na traseira de um autocarro de passageiros, causando uma enorme explosão que afetou cinco veículos e na qual morreram 54 pessoas, causando ainda seis feridos.

Um tribunal da cidade de Changsa, no centro da China, condenou nove funcionários de diferentes departamentos de supervisão técnica e polícias de trânsito a penas entre três e três anos e meio, por incumprimento das suas obrigações, informou a imprensa estatal chinesa.

ISG//ISG

Lusa/fim

+ notícias: Mundo

Perto de 2.000 identificados nos protestos dos "coletes amarelos" em França

Perto de 2.000 pessoas foram identificadas em França no sábado no âmbito dos protestos dos "coletes amarelos" que levaram às ruas cerca de 136.000 manifestantes, indicou este domingo o Ministério do Interior.

Cerca de 31.000 "coletes amarelos" protestam em França e 700 foram detidos

Cerca de 31.000 "coletes amarelos" manifestavam-se este sábado a meio do dia em toda a França no quarto grande dia de protestos, que já levaram a mais de 700 detenções, 575 das quais em Paris, segundo o governo.

Pelo menos seis mortos e cem feridos durante um concerto numa discoteca italiana

Pelo menos seis pessoas morreram e mais de cem ficaram feridas este sábado de madrugada durante um concerto numa discoteca em Ancona, em Itália, informaram as autoridades.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.