Jornal Diário Jornal das 13 Último Jornal

Venezuela entra em 'default' por falta de pagamento de juros da empresa elétrica estatal

| Mundo
Porto Canal com Lusa

Caracas, 10 nov (Lusa) - A Venezuela entrou hoje em 'default' ao falhar o pagamento os juros de um título de 650 milhões de dólares (560 milhões de euros) da empresa elétrica estatal Corpoelec.

A falta de pagamento, segundo a imprensa venezuelana, foi avançada pela empresa Wilmington Trust, o fiduciário do título, num comunicado enviado hoje à Bolsa do Luxemburgo.

Segundo o portal da Internet La Patilla, os detentores viam os títulos, que vencem em 2018, como os de maior risco e por isso caíram recentemente para um mínimo histórico de 0,23 dólares (0,19 euros).

"Um eventual incumprimento da estatal Petróleos da Venezuela SA (PDVSA), bem como dos títulos soberanos (da República), poderia levar os credores a tentarem reclamar ativos da empresa petrolífera, mas neste caso os investidores estrangeiros não têm nada que possam confiscar", explicou.

FPG // EL

Lusa/Fim

+ notícias: Mundo

Pelo menos 38 mortos em dois atentados na Somália

Pelo menos 38 pessoas foram mortas, na sexta-feira, em dois atentados com carros armadilhados que visavam o palácio presidencial e um hotel da capital da Somália, informaram este sábado os serviços de resgate e policiais somalis.

Trump diz que ideia de armar professores terá forte efeito dissuasor

O presidente dos Estados Unidos reiterou hoje, através do Twitter, a intenção de dar armas aos professores para prevenir tiroteios nas escolas, dizendo que a medida abrangeria docentes com "treino especial" e "solucionaria o problema instantaneamente".

Síria: Negociações na ONU sobre cessar-fogo humanitário continuam

Nações Unidas, 24 fev (Lusa) - As negociações na ONU sobre um possível cessar-fogo humanitário de um mês na Síria continuavam hoje à tarde, atrasando a votação da resolução no Conselho de Segurança que estava prevista para as 17:00, segundo fontes diplomáticas.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.