Jornal Diário Jornal das 13 Último Jornal

IGCP quer arrecadar até 1.500ME na última emissão de curto prazo do ano

| Economia
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 10 nov (Lusa) - Portugal vai ao mercado na próxima semana para emitir até 1.500 milhões de euros, através de dois leilões de Bilhetes do Tesouro a seis meses e a um ano, foi hoje anunciado.

Num comunicado divulgado hoje, a Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública (IGCP) adianta que vai realizar no próximo dia 15 de novembro, pelas 10:30, dois leilões de Bilhetes do Tesouro com maturidades em 18 de maio de 2018 e 16 de novembro de 2018, com um montante indicativo global entre 1.250 milhões e 1.500 milhões de euros.

De acordo com o programa de financiamento do quarto trimestre de 2017, esta é a última emissão de dívida de curto prazo prevista até ao final do ano.

Nos últimos leilões comparáveis de Bilhetes do Tesouro, que ocorreram no final de setembro, o IGCP colocou 500 milhões de euros a seis meses com uma taxa de juro de -0,363% e 1.250 milhões a um ano com uma taxa de juro de -0,345%.

SP // CSJ

Lusa/fim

+ notícias: Economia

Viseu, Algarve e Madeira vão ter novos centros de inovação e tecnologia nos próximos meses

Viseu, Algarve e Madeira vão ter novos centros de inovação e tecnologia nos próximos meses. A novidade foi dada a conhecer no 2º aniversário da Altice Labs.

Sindicatos dizem que manifestação contra CTT conta com 2.000 pessoas, polícia aponta 1.500

Os sindicatos afetos aos CTT afirmam que estão cerca de 2.000 pessoas na manifestação contra a atual situação dos Correios, enquanto a polícia aponta para 1.500, disseram à Lusa os responsáveis no local.

Atualizado 24-02-2018 12:03

CTT afirmam que adesão à greve é de 16% e sem impacto no serviço aos clientes

Os CTT afirmaram esta sexta-feira que a adesão à greve é "de 16%" e que a rede de atendimento "mantém-se em funcionamento a 100%, com todas as cerca de 2.300 lojas" e postos "abertos de norte a sul do país e ilhas".

Atualizado 24-02-2018 12:05

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.