Info

Trabalhadores subcontratados da ManpowerGroup ao serviço da PT-MEO em greve na segunda-feira

| Economia
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 10 nov (Lusa) -- Os trabalhadores da ManpowerGroup ao serviço da PT-MEO cumprem na segunda-feira um dia de greve, reivindicando aumentos salariais, condições dignas de trabalho e a integração nos quadros da empresa.

"Os trabalhadores responsabilizam as empresas Manpower e PT-MEO, cada qual com as suas responsabilidades, pela recusa do diálogo necessário para o tratamento das reivindicações", refere o Sindicato Nacional dos Trabalhadores das Telecomunicações e Audiovisual em comunicado.

Os trabalhadores consideram que as empresas ao pagarem, na "esmagadora maioria", o salário mínimo nacional, não retribuem de forma justa o desempenho de funções "altamente qualificadas", "cuja realidade exige justiça na revisão de um salário compatível com o nível profissional que também lhes é imposto todos os dias".

Acreditam também que pela "dimensão e responsabilidade que tem na sociedade portuguesa, deveria ser obrigação da maior operadora de telecomunicações no país, dar o exemplo no combate ao recurso da externalização de serviços e subcontratação de trabalhadores, promovendo desta forma a contratação direta para postos de trabalho que respondam a necessidades permanentes".

De acordo com o sindicato, atualmente na PT-MEO existem mais de meio milhar de trabalhadores em regime de prestação de serviço, muitos destes há mais de 15 anos consecutivos.

No dia da greve, entre as 11:00 e as 14:00, os trabalhadores vão estar concentrados nos locais de trabalho, entre os quais, Porto, Santo Tirso, Coimbra e Castelo Branco.

ICO// ATR

Lusa/Fim

+ notícias: Economia

Banco de Portugal piora projeções de crescimento e espera que PIB avance 2,1% em 2018

O Banco de Portugal (BdP) piorou hoje as projeções de crescimento de Portugal, esperando que o PIB aumente 2,1% este ano e 1,8% no próximo, desacelerando progressivamente o ritmo de crescimento até aos 1,6% em 2021.

Portugal teve saldo migratório positivo em 2017 pela primeira vez em sete anos

Portugal teve um saldo migratório positivo em 2017, pela primeira vez em sete anos, com mais de 36 mil imigrantes a ultrapassarem as quase 32 mil pessoas que deixaram o país, revelou hoje o Observatório das Migrações.

Preço da luz desce 3,5% em mercado regulado em 2019 para as famílias

As tarifas de eletricidade no mercado regulado vão descer 3,5% para os consumidores domésticos a partir de 01 de janeiro, anunciou hoje a Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE).

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.