Jornal Diário Jornal das 13 Último Jornal

Fénix: Pinto da Costa e Antero Henrique absolvidos

| Norte
Porto Canal com Lusa

O Tribunal de Guimarães absolveu hoje o presidente do FC Porto, Pinto da Costa, e o ex-vice-presidente do mesmo clube Antero Henrique dos crimes que lhe eram imputados na "Operação Fénix".

Pinto da Costa e Antero Henrique estavam pronunciados, respetivamente, por sete e seis crimes de exercício ilícito da atividade de segurança privada.

Em causa, segundo o despacho de pronúncia, estava o facto de terem contratado ou beneficiado de segurança pessoal por parte da SPDE, quando saberiam que a empresa não poderia prestar aquele tipo de serviço.

Nas alegações finais, o procurador do Ministério Público já tinha pedido a absolvição de ambos.

Com 54 arguidos, a "Operação Fénix" está relacionada com a alegada utilização ilegal de seguranças privados, tendo como epicentro a empresa SPDE, também arguida no processo.

Os operacionais da SPDE fariam serviços de segurança pessoal, sem que a empresa dispusesse do alvará necessário para o efeito.

Os arguidos responderam por crimes de associação criminosa, exercício ilícito da atividade de segurança privada, extorsão, coação, ofensa à integridade física qualificada, ofensas à integridade física agravadas pelo resultado morte, tráfico e mediação de armas, posse de arma proibida e favorecimento pessoal.

+ notícias: Norte

ONG alerta para a má qualidade da água na praia de Matosinhos

A organização não-governamental ambiental Surf Rider Foundation alerta para a má qualidade da água na praia de Matosinhos. Têm sido várias as denúncias e por isso, desde o ano passado, a organização tem recolhido análises através de fundos próprios duas vezes por mês.

Forte agitação marítima obriga a corte da avenida D. Carlos I na foz do Porto

A câmara do Porto informou esta quarta-feira que a avenida D. Carlos I, na Foz, está cortada devido ao Aviso Laranja emitido pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), o qual alerta para a forte agitação marítima.

Amarante: ONG torna vida de uma menina com paralisia cerebral um pouco mais simples

Mariana, tem paralisia cerebral e tem agora uma casa de banho adaptada às necessidades. Isto graças à organização sem fins lucrativos 'Habitat for Humanity Portugal' que entregou duas novas obras, desta vez em Amarante.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.