Jornal das 13 Jornal Diário Último Jornal

Bruxelas em linha com Governo espera crescimento de 2,6% em Portugal em 2017

Bruxelas em linha com Governo espera crescimento de 2,6% em Portugal em 2017
| Economia
Porto Canal com Lusa

A Comissão Europeia melhorou hoje as previsões de crescimento da economia portuguesa, para os 2,6% em 2017 e para os 2,1% em 2018, continuando a antecipar "algum abrandamento" do ritmo económico e alinhando-se com as projeções do Governo.

Nas previsões económicas de outono divulgadas hoje, Bruxelas reviu em alta os valores para a evolução do Produto Interno Bruto (PIB) em Portugal: em maio, esperava um crescimento de 1,8% para este ano e de 1,6% no próximo e, agora, aponta para 2,6% e para 2,1%, respetivamente. Para 2019, a expectativa é que a economia continue a desacelerar o ritmo de crescimento, ficando nos 1,8%.

Estas projeções estão em linha com as do Governo, que atualizou as suas estimativas em outubro e espera que o PIB cresça 2,6% em 2017 e 2,2% no próximo ano.

+ notícias: Economia

Francisco Louçã antevê uma nova crise financeira como em 2007

10 anos depois da crise, os desiquilíbros financeiros mantêm-se e o risco de uma nova crise é cada vez mais real. As palavras sao de Francisco Louçã, no livro "Sombras". Na obra, agora lançada, o economista aborda o poder da 'finança-sombra' e os riscos que esta impõe à economia global.

Alexandre Fonseca é o novo presidente executivo da PT

Lisboa, 21 nov (Lusa) - Alexandre Fonseca assume a partir de hoje e "com efeito imediato" as funções de presidente executivo da Portugal Telecom (PT), substituindo Claudia Goya, que passará a presidente não executiva ('chairwoman') da empresa de telecomunicações da Altice em Portugal.

Grécia: Governo prevê crescimento de 2,5% em 2018

Atenas, 21 nov (Lusa) - A economia grega deve registar um crescimento de 2,5% em 2018, de acordo com a proposta de orçamento entregue hoje no parlamento.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS