Jornal das 13 Jornal Diário Último Jornal

Fim de espaço Schengen é fim da Europa - comissário europeu

| Política
Porto Canal com Lusa

Luxemburgo, 13 out (Lusa) -- O comissário europeu para os Assuntos Internos, Dimitris Avramopoulos, alertou hoje, no Luxemburgo, que o fim da livre-circulação no espaço Schengen seria fatal para a Europa.

"Partilhamos as inquietudes de alguns Estados-membros relativas a razões de segurança", declarou o comissário à entrada para uma reunião do Conselho de ministros dos Assuntos Internos da União Europeia, no Luxemburgo, acrescentando que "Schengen está vivo e deve continuar vivo, porque se morrer, a Europa morre".

A Alemanha, a Áustria, a Dinamarca e a França querem alterar as regras em vigor no espaço de livre circulação, que consideram obsoletas perante a ameaça terrorista, pedindo mais facilidade na reintrodução dos controlos nas suas fronteiras e que estes possam ser mais prolongados no tempo.

Atualmente, o Espaço Schengen abrange 26 países europeus (22 dos quais são Estados Membros da União Europeia): Bélgica, República Checa, Dinamarca, Alemanha, Estónia, Grécia, Espanha, França, Itália, Letónia, Lituânia, Luxemburgo, Hungria, Malta, Países Baixos, Áustria, Polónia, Portugal, Eslovénia, Eslováquia, Finlândia e Suécia, assim como a Islândia, o Liechtenstein, a Noruega e a Suíça.

IG // FPA

Lusa/fim

+ notícias: Política

Ministro Vieira da Silva diz-se de consciência tranquila sobre o caso Raríssimas

O ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social disse hoje estar de consciência tranquila sobre o caso da associação Raríssimas e garantiu que nunca teve qualquer conhecimento sobre irregularidades nas contas da associação.

Maratona negocial de pescas com resultado bastante favorável para Portugal

A ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, destacou hoje o "resultado bastante favorável" da maratona de quase 24 horas de negociações sobre as pescas para 2018, face às expectativas de Portugal, nomeadamente na redução da pescada.

Costa aceita demissão de Manuel Delgado e propõe Rosa Zorrinho para secretária de Estado da Saúde

O primeiro-ministro aceitou hoje o pedido de exoneração de Manuel Delgado do cargo de secretário de Estado da Saúde e propôs para o seu lugar Rosa Matos, refere uma nota oficial do Governo.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

DESCUBRA MAIS