Jornal Diário Jornal das 13 Último Jornal

Museu Nacional de Arte Antiga debate futuro com exemplos europeus

| País
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 13 out (Lusa) -- O Museu Nacional de Arte Antiga (MNAA), em Lisboa, acolhe hoje o debate "MNAA Século XXI -- Modelos de gestão, financiamento e recursos humanos nos museus da Europa", para discutir o futuro da instituição.

O dia no MNAA começa às 09:30, estando a primeira palestra a cargo do diretor do Museu Nacional de História e de Arte do Luxemburgo, Michel Polfer, seguindo-se a subdiretora do Museu de Belas Artes de Bilbao, Marta García Maruri.

Em declarações à agência Lusa sobre o evento, o diretor do MNAA, António Filipe Pimentel, salientou que o museu nacional "está evidentemente num processo de mudança consolidado" e que o objetivo da iniciativa de sexta-feira, organizada pelo Grupo de Amigos do MNAA, é apresentar "casos práticos considerados úteis" para que se possa ter noção do que acontece no exterior.

De acordo com Pimentel, a mudança no MNAA tem de ser feita em dois registos: "Por um lado a questão física, da ampliação - trabalhada com a Câmara Municipal de Lisboa e com a Direção-Geral do Património Cultural -- e, por outro, o modelo de gestão, de recursos humanos, financeiros".

O debate prossegue até para lá das 17:00 com a participação de responsáveis dos museus reais de Turim, do Rainha Sofia e do Prado, de Madrid, antes de o diretor do MNAA apresentar "O estudo 'MNAA 2020': projetando o século XXI".

Com o patrocínio da Fundação Millennium BCP, o evento vai ter tradução simultânea e tem entrada gratuita, mediante inscrição.

AG (TDI) // MAG

Lusa/fim

+ notícias: País

Filhos do antigo embaixador do Iraque acusados de tentativa de homicídio

O Ministério Público (MP) deduziu acusação contra os filhos do antigo embaixador iraquiano em Portugal por tentativa de homicídio de um jovem, em agosto de 2016, em Ponte de Sor, no distrito de Portalegre.

Trabalhadores dos CTT entregam petição no Parlamento a exigir a renacionalização

Vários trabalhadores dos CTT protestaram em frente à Assembleia da República e entregaram uma petição com 8600 assinaturas. O documento visa impedir o encerramento de estações de correio e exige a renacionalização da empresa.

Quinta vinícola em Tondela lança angariação de fundos para reconstruir espaço afetado pelos os incêndios

Está a decorrer até ao final de janeiro uma campanha de Crowdfunding para ajudar a reconstruir uma quinta vinícola, em Tondela, que ficou totalmente destruída com os incêndios de 15 de outubro.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.